PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dado reclama da sequência de jogos do Bahia antes da final do Nordestão

Bahia terá quatro jogos em 12 dias entre Nordestão e Sula - Rafael Machaddo / EC Bahia
Bahia terá quatro jogos em 12 dias entre Nordestão e Sula Imagem: Rafael Machaddo / EC Bahia

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

25/04/2021 14h05

Classificação e Jogos

O treinador Dado Cavalcanti, do Bahia, reclamou na noite de sábado (25), da sequência de jogos que a equipe tem enfrentado, além das viagens internacionais, que têm causado desgaste físico aos jogadores do Esquadrão, que estão pedindo para sair no meio da partida.

Sobre o jogo contra o Fortaleza ontem (24), em que o Bahia se consagrou finalista da edição deste ano da Copa do Nordeste pelo segundo ano seguido, o treinador citou alguns pontos que fizeram a equipe não conseguir abrir o marcador, o que acabou levando a partida para os pênaltis.

"A competitividade é muito maior e o desgaste da sequência compromete em alguns momentos. Enfrentamos um adversário que não jogou no meio da semana e a condição de igualdade terminou aí", afirmou.

"Todas as trocas aconteceram por necessidades extremas, por desgaste ou dores que os atletas sentiram: Daniel, Thaciano, Patrick, todos pediram para sair. O Matheus Bahia pediu para sair, mas depois falou que estava inteiro, o Rossi começou a sentir câimbras. Então todas as trocas aconteceram pelo desgaste que tivemos em todo processo de viagem para os jogos", contou o técnico.

Embora tenha voltado de uma viagem internacional (Uruguai) antes da partida de ontem contra o Fortaleza, a equipe chega em vantagem para o primeiro duelo da final da Copa do Nordeste, já que não vai precisar fazer uma viagem internacional pelas próximas duas semanas.

O grupo fará quatro jogos em 12 dias. No dia 27, a equipe enfrenta o Guabirá, da Bolívia, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana, no Estádio Pituaçu, em Salvador, às 19h15. No dia 1º de maio, enfrenta o Ceará no primeiro jogo da final do Nordestão e terça-feira (4), volta a jogar pela Sula, em casa, contra o Independiente, da Argentina.

A segunda partida da final do regional está marcada para o dia 8 de maio, e o Tricolor baiano busca se igualar ao Vitória, maior campeão da "Lampions", com quatro títulos conquistados.

Futebol