PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia bate Fortaleza nos pênaltis e faz final da Copa do Nordeste com Ceará

Jogadores do Bahia comemoram a classificação para a final da Copa do Nordeste - CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Bahia comemoram a classificação para a final da Copa do Nordeste Imagem: CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

24/04/2021 22h43

Classificação e Jogos

O Bahia se classificou para a final da Copa do Nordeste ao vencer o Fortaleza nos pênaltis na noite deste sábado (24), na Arena Castelão, no Ceará. No tempo normal, o jogo terminou em 0 a 0 e nas penalidades a equipe do Esquadrão de Aço levou a melhor por 4 a 2. Com a vitória, o Bahia vai enfrentar na decisão o Ceará, no próximo sábado e no dia 8 de maio. O Fortaleza, por outro lado, está eliminado e volta sua atenção para a Série A do Brasileiro e para o Campeonato Cearense.

A decisão da Copa do Nordeste de 2021 vai ser uma reedição da final do ano passado. Na ocasião, o Ceará venceu por 1 a 0 e se consagrou bicampeão da competição. No próximo final de semana, enquanto o Vozão vai busca de seu terceiro título na competição, o tricolor vai em busca do quarta taça.

Tricolor do Pici começa com intensidade

O Fortaleza começou a partida apertando a saída de bola do Bahia. A pressão resultou na primeira tentativa do Leão do Pici de abrir o placar quase do meio-campo, com Wellington Paulista, aos 6 minutos. O atacante viu o goleiro Matheus Teixeira adiantado e tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Fortaleza recua e Bahia aproveita espaços

As jogadas de ataque do Bahia funcionam melhor pela direita. Nino e Rossi, que voltou de uma suspensão, desenvolveram uma dobradinha de muita velocidade, o que aumentou a profundidade do setor. O Fortaleza, por outro lado, conseguia anular essas investidas e se aproveitava dos contra-ataques para tentar abrir o placar na Arena.

Esquadrão de Aço mostra perigo, mas sem sucesso

A equipe baiana conseguiu chegar duas vezes seguidas perto de abrir o placar com o atacante Rossi. Aos 45 minutos, Rossi finalizou com um chutaço e a bola explodiu no travessão. Dois minutos depois, ele finalizou de primeira de perna direita, sem ninguém na frente, mas a bola subiu demais e foi para fora.

Segunda etapa vira reflexo da primeira

Na volta para a segunda etapa, as coisas pouco mudaram e se tornaram um reflexo do primeiro tempo. O Fortaleza fechou completamente sua defesa e o Bahia seguiu no campo de ataque e Rossi perdeu mais uma chance. Aos 27 minutos, em jogada pela direita, a bola foi cruzada, sobrou para o atacante, que emendou o chute forte, mas a bola acabou saindo à esquerda de Felipe Alves.

Bahia leva a melhor e se classifica nos pênaltis

Com a igualdade no tempo normal, a decisão da vaga foi para as penalidades e o Bahia levou a melhor sobre o Fortaleza por 4 a 2. Gilberto, Matheus Galdezani, Rodriguinho e Conti marcaram pelo Bahia; Juninho Capixaba errou. Pelo Fortaleza, Lucas Crispim e Éderson acertaram, mas Bruno Melo e Robson desperdiçaram as batidas.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 0 BAHIA
SEMIFINAL - COPA DO NORDESTE

Data: 24/04/2021 (sábado)
Local: Arena Castelão (CE)
Árbitro: Dênis da Silva Ribeiro Serafim/AL
Árbitros Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque/AL e Brigida Cirilo Ferreira/AL
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro/RN
Cartões amarelos: Carlinhos (FOR), Tinga (FOR), Thaciano (BAH), Nino Paraíba (BAH) e Jonas (BAH)
Gols de pênalti: Gilberto (BAH), Matheus Galdezani (BH), Rodriguinho (BAH), Conti (BAH), Lucas Crispim (FOR) e Éderson (FOR)

Fortaleza: Felipe Alves, Tinga, Quintero, Marcelo Benevenuto, Carlinhos (Bruno Melo), Matheus Jussa, Gustavo Blanco (Matheus Vargas), Éderson, David (Lucas Crispim), Robson e Wellington Paulista (Romarinho). Técnico: Enderson Moreira.

Bahia: Matheus Teixeira, Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio, Matheus Bahia (Juninho Capixaba), Patrick de Lucca (Jonas), Daniel (Matheus Galdezani), Thaciano (Lucas Araújo), Rodriguinho, Rossi (Óscar Ruíz) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Futebol