PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro vence América-RN no fim e avança à terceira fase da Copa do Brasil

Cruzeiro comemora o gol de Matheus Barbosa, valendo a vitória sobre o América-RN pela Copa do Brasil - VITORINO JUNIOR/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Cruzeiro comemora o gol de Matheus Barbosa, valendo a vitória sobre o América-RN pela Copa do Brasil Imagem: VITORINO JUNIOR/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

14/04/2021 23h26

O Cruzeiro passou sufoco, mas se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil. O time mineiro derrotou o América-RN por 1 a 0, hoje (14), na Arena das Dunas, em Natal (RN), com um gol marcado apenas aos 37 minutos do segundo tempo. O volante Matheus Barbosa foi o responsável por manter a Raposa viva na competição.

O resultado mantém a boa fase do Cruzeiro na temporada 2021. A equipe dirigida por Felipe Conceição conquistou a quarta vitória consecutiva e confirmou o bom momento três dias depois de ter vencido o clássico contra o Atlético-MG. O time também não leva gol há cinco jogos.

O próximo adversário da Raposa na Copa do Brasil será definido por sorteio. A terceira fase já contará com os times que estão disputando a Libertadores. Enquanto isso, o Cruzeiro volta a campo no próximo domingo (18), agora pelo Campeonato Mineiro, contra o Pouso Alegre, fora de casa. Uma nova vitória pode garantir a vaga nas semifinais.

O melhor: Matheus Barbosa

O volante do Cruzeiro tem sido um dos jogadores mais regulares da Raposa neste início de temporada 2021. E agora foi premiado com um gol decisivo. Contratado do Avaí, ele é um dos responsáveis por carregar a bola até o ataque e, eventualmente, marcar presença na área adversária. Fez seu papel com perfeição e assegurou a classificação de sua equipe para a terceira fase.

Raposa sem imaginação

O Cruzeiro teve a posse de bola por mais tempo nos 45 minutos iniciais. Mas os 56% com ela nos pés não representaram muita coisa para o setor ofensivo. O time mineiro teve dificuldade para se livrar da forte marcação do América-RN e não criou nenhuma chance que levasse verdadeiro perigo ao adversário.

Goleiros não trabalham

Uma partida de pouca criatividade deixou os goleiros praticamente de folga na etapa inicial. Fábio só trabalhou em um lance no primeiro minuto com finalização de Wallace Pernambucano. A jogada, porém, seria anulada por causa de impedimento. Do outro lado, Samuel apareceu com apenas uma defesa fácil no centro do gol após chute de Adriano de fora da área aos 13 minutos.

América-RN mais efetivo

Ao analisar as propostas de jogo na Arena das Dunas, é possível dizer que o América-RN foi melhor. Com a ideia de forte marcação a partir do meio-campo —foram 14 faltas em 45 minutos—, o time potiguar usou bem a velocidade de Elvinho para arrancar em direção ao gol do Cruzeiro. Faltou, porém, marcar presença na área mineira para tentar o gol.

Segundo tempo diferente

Ambos os times pareceram ter acordado para buscar a vitória na etapa final. Nos primeiros 15 minutos, foram quatro oportunidades de gol —duas para cada lado—, com destaque para uma boa defesa de Fábio em chute de Romarinho. O Cruzeiro, por sua vez, teve suas chances em chutes de fora da área de Marcinho e Rafael Sóbis que saíram por pouco.

Airton fica no quase

O melhor momento do Cruzeiro aconteceu com Airton, o autor do gol da vitória no clássico contra o Atlético-MG no domingo passado (11). Em uma jogada pelo alto, ele recebeu cruzamento de Bruno José, ganhou a disputa com Ian Carlo e cabeceou com perigo, vendo a bola passar por cima do travessão, aos 16 minutos.

Cruzeiro no abafa

Os últimos 30 minutos de jogo foram de pressão do Cruzeiro, mas ainda com dificuldade de chegar ao gol adversário. Enquanto o América-RN teve uma boa chance nos pés de Caxito, em boa saída de Fábio, a Raposa acertou uma bola na trave. Rômulo foi o responsável pelo chute após cruzamento de William Pottker.

Insistência da Raposa prevalece

Aproveitando a queda de rendimento do América-RN na marcação, o Cruzeiro chegou ao gol da vitória. Com cada vez mais jogadores na área adversária, foi a vez de um volante decidir. Aos 37 minutos, Felipe Augusto fez cruzamento rasteiro da esquerda e encontrou Matheus Barbosa próximo da marca de pênalti. Ele bateu colocado de pé direito e venceu o goleiro Samuel.

Mais dinheiro no cofre

Com a classificação para a terceira fase, o Cruzeiro ganhou mais R$ 1,7 milhão em premiação. Pela participação nas duas primeiras etapas da competição, o time mineiro já havia arrecadado R$ 2,5 milhões. Se chegar às oitavas de final, vai faturar mais R$ 2,7 milhões.

FICHA TÉCNICA

América-RN 0 x 1 Cruzeiro
Motivo: 2ª fase da Copa do Brasil
Data: 14 de abril de 2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Morais (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Adriano e Rafael Sóbis (Cruzeiro); Geovani (América-RN)

Gol: Matheus Barbosa (CRU), aos 37' do 2ºT

AMÉRICA-RN: Samuel Pires; Everton Silva, Ian, Brand e Peri; Juninho (Beto), Elvinho (Geovani), Felipe Guedes, Romarinho, Caxito (Luan); Wallace Pernambuco. Técnico: Evaristo Piza

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano (Matheus Neris), Matheus Barbosa (Jadson) e Marcinho (Rômulo); Bruno José (Felipe Augusto), Airton (William Pottker) e Rafael Sobis. Técnico: Felipe Conceição

Futebol