PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro põe desempenho acima de resultado para alavancar time-base

Técnico Felipe Conceição tem dificuldades para mudar o patamar do Cruzeiro em 2021 - Gustavo Aleixo
Técnico Felipe Conceição tem dificuldades para mudar o patamar do Cruzeiro em 2021 Imagem: Gustavo Aleixo

Do UOL, em São Paulo

05/04/2021 04h00

Em remodelação, o Cruzeiro está em busca de um time competitivo para a Série B do Campeonato Brasileiro. E em meio à disputa dos Estaduais, a ideia do técnico Felipe Conceição é solidificar um time com base em seu desempenho, sem levar apenas em consideração os resultados obtidos em campo.

"O resultado é importante, mas fico sempre com o desempenho porque a consequência será o resultado. Se não tiver o desempenho, o resultado virá esporadicamente. Se você tiver um desempenho sólido e regular, esse resultado tende a ser regular também, e é isso que estamos buscando", afirmou o treinador após a vitória sobre o Boa Esporte por 1 a 0, ontem (4), em Varginha, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro.

O triunfo aconteceu em um momento não muito favorável ao Cruzeiro. O time não fazia gol e nem vencia há duas rodadas e estava fora da zona de classificação para a semifinal. E como também não vinha apresentando bom futebol, o trabalho na Toca da Raposa começou a ser questionado.

Diante do Boa Esporte, a situação foi diferente. Com um primeiro tempo envolvente, conseguiu a vantagem em um lance de bola parada e segurou o resultado na etapa final, apesar de não manter o bom nível. "É lógico que queremos controlar os 100 minutos, mas uma hora o adversário vai chegar, incomodar. E hoje (ontem) o Cruzeiro demonstrou força até nisso. Na hora que o adversário apertou, a gente soube lidar bem.

Para a sequência da temporada 2021, Conceição já deu a entender que tem um time-base na cabeça e que fará poucas alterações. Ele diz que o Cruzeiro está em uma segunda fase de trabalhos. A primeira, segundo o treinador, acabou quando tomou conhecimento de todos os jogadores do elenco.

"Essa segunda fase do processo teria uma base de equipe na escalação, é hora de crescer como equipe para os jogadores saberem como estão cada um em sua posição. Vou permitir que essa disputa continue, mas com uma consolidação maior do time-base para o crescimento da equipe. Hoje eles já sabem o que fazer dentro de campo, se sentem mais leves. É um processo natural. Quanto mais tempo, melhor vai ficar. Estamos no caminho certo, a vitória demonstrou que tivemos consistência, desempenho e resultado. E falei a eles que a gente vai iniciar a Série B de maneira forte", explicou Conceição, ressaltando que pretende fazer seus atletas atuarem em alto rendimento o tempo todo.

"É importante manter esse ritmo o máximo de tempo possível e, com o passar, vamos manter em 90 minutos. sem mudar a maneira de jogar, a agressividade, independentemente do horário do jogo, do calor. E fazendo isso de novo no próximo jogo, a gente vai atingir esse patamar dentro da intensidade que cobro."

O Cruzeiro passará por momentos decisivos nos próximos dez dias. Na quarta-feira (7), a Raposa encara o Coimbra no Estádio Independência, precisando ganhar para se manter no G-4 do Estadual -está em quarto lugar, com 11 pontos em sete partidas. Quatro dias depois, vem o primeiro clássico do ano contra o Atlético-MG.

E fechando a sequência, o Cruzeiro joga contra o América-RN no dia 14, em Natal (RN), pela segunda fase da Copa do Brasil. O confronto é disputado em partida única, e um empate leva a decisão para os pênaltis.

Futebol