PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rafael Sóbis encerra jejum, e Cruzeiro vence o Boa Esporte no Estadual

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol sobre o Boa Esporte - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Jogadores do Cruzeiro comemoram gol sobre o Boa Esporte Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Do UOL, em São Paulo

04/04/2021 13h00

O Cruzeiro reencontrou a vitória no Campeonato Mineiro. Com um gol de Rafael Sóbis em cobrança de falta, a Raposa derrotou o Boa Esporte por 1 a 0, hoje (4), em Varginha (MG), na abertura da sétima rodada do Estadual. O resultado acabou com uma sequência de dois jogos do Cruzeiro sem triunfar na competição.

Essa foi a terceira vitória do Cruzeiro no Mineiro. O time dirigido por Felipe Conceição chegou aos 11 pontos e ocupa o quarto lugar. Em relação à rodada passada, a Raposa ganhou duas posições e agora está na zona de classificação para a semifinal. Caldense, que perdeu para o Pouso Alegre (o terceiro colocado), e Athletic, que caiu diante do Tombense, deixaram o G-4.

A partida em Varginha (MG) também serviu para Rafael Sóbis acabar com um jejum de gols. Foi a primeira vez que o centroavante cruzeirense, de 35 anos de idade, marcou na temporada 2021. O tento marcado pelo veterano também encerrou uma sequência de duas partidas sem gol da equipe celeste.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Coimbra, na quarta-feira (7), no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG). Já o Boa Esporte, que caiu para a lanterna do Estadual, só voltará a jogar no domingo (11) contra a URT fora de casa.

O melhor: Rafael Sóbis

Não foi apenas o gol que transformou no veterano atacante em destaque da partida. Rafael Sóbis orientou, se movimentou e deu qualidade à troca de passes do Cruzeiro para assegurar a vitória por 1 a 0 em Varginha (MG). O centroavante começou como titular e foi substituído na reta final da partida por Thiago.

Chega de jejum

Foram mais de dois meses se marcar, mas finalmente Rafael Sóbis encerrou seu jejum de gols. Aos 21 minutos do primeiro tempo, ele abriu o placar para a vitória cruzeirense sobre o Boa Esporte. Foi o primeiro gol do centroavante na temporada 2021, acabando com uma seca de sete partidas. O último tento de Sóbis havia sido no dia 20 de janeiro, contra o Operário-PR, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Bola parada salva

Diante de um forte calor e com dificuldade para superar a defesa adversária no começo da partida, a bola parada virou uma solução para o Cruzeiro. Rafael Sóbis foi o cobrador oficial e levou perigo em todas elas. Na primeira, de frente para o gol a bola passou colada à trave esquerda. Na segunda, o goleiro Carlos Miguel espalmou para escanteio. Mas na terceira, veio o gol: do lado esquerdo, ele chutou cruzado, a bola passou por todo mundo e chegou ao canto esquerdo, enganando o arqueiro do Boa.

Lado esquerdo mais forte

O Cruzeiro fez uma modificação no ataque em relação à rodada passada. Mas a entrada de Airton no lugar de Felipe Augusto deixou o time mais ousado. Foi pelo lado esquerdo que o time celeste criou as melhores oportunidades e pendurou com cartão amarelo metade da defesa do Boa. Marcinho e Rafael Sóbis também se deslocavam por esse setor para criar chances de gol.

Merecia mais gol

Com o domínio do confronto e a posse de bola, o Cruzeiro usou bem as jogadas pelas laterais para tentar aumentar a diferença. Bruno José, Rafael Sóbis, Marcinho e Airton apareceram bem, mas o último passe em direção ao centro da área era falho. E assim, o primeiro tempo terminou com vantagem mínima do time da capital.

Goleiro gigante

Titular do gol do Boa Esporte, Carlos Miguel chama a atenção pela altura. Aos 22 anos de idade, tem 2,04 m, mas também mostrou desenvoltura com pelo menos três grandes defesas. O melhor momento dele aconteceu no começo do segundo tempo. Aos 2 minutos, Bruno José recebeu passe de Matheus Barbosa e chutou forte para boa intervenção do arqueiro. No rebote, Rafael Sóbis encheu o pé, e a bola explodiu na cabeça de Carlos Miguel.

Segundo tempo morno

As boas defesas do goleiro do Boa Esporte foram os melhores momentos dos 45 minutos finais. Com o passar do tempo, ambos os times tiveram dificuldade para chegar ao ataque. O Cruzeiro ainda teve boa chance nos pés de Rafael Sóbis aos 25 minutos, em uma finalização ruim de dentro da área. Já o Boa Esporte assustou Fábio em uma jogada de escanteio. O cruzamento de Guilherme Escuro encontrou Márcio, que cabeceou para o chão, obrigando o goleiro a fazer uma grande defesa.

FICHA TÉCNICA

Boa Esporte 0 x 1 Cruzeiro
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 4 de abril de 2021 (domingo)
Horário: 11h (de Brasília)
Local: Municipal, em Varginha (MG)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Fernanda Nandrea Gomes Antunes
Cartões amarelos: Alex Alves, Rodrigo Ancheta, Guilherme Escuro, Yuri e Admilton (Boa); Manoel e Airton (Cruzeiro)
Gols: Rafael Sóbis, aos 21min do primeiro tempo (Cruzeiro)

Boa Esporte: Carlos Miguel; Yuri, Admilton (Márcio), Alex Alves (Romeu), Mateus Muller; Guilherme Escuro, Léo Coca, Carlos César (Rodrigo Ancheta), Dieguinho; Fabinho (Tiago Silva), Nicholas (Jefferson). Técnico: Cesinha

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Ramon, Manoel, Matheus Pereira; Adriano (Matheus Neris), Matheus Barbosa (Jadson), Marcinho (Rômulo); Bruno José, Rafael Sóbis (Jadson), Airton (Felipe Augusto). Técnico: Felipe Conceição

Futebol