PUBLICIDADE
Topo

Futebol

MP do Mandante: direito de arena para técnicos e árbitros causa ruído

Jair Bolsonaro (ao centro, sem máscara) recebeu representantes de clubes em junho de 2020 em conversa por MP do Mandante - Marcos Corrêa/PR
Jair Bolsonaro (ao centro, sem máscara) recebeu representantes de clubes em junho de 2020 em conversa por MP do Mandante Imagem: Marcos Corrêa/PR

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/04/2021 04h00

A nova versão da Medida Provisória do Mandante está no forno e a promessa do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), é que ela seja editada já na próxima semana. Um ponto, no entanto, desagrada aos clubes: a maneira como serão incluídos árbitros e técnicos na divisão dos chamados direitos de arena, valor pago aos participantes do espetáculo que se refere à exposição na transmissão. Ainda não está definido o percentual para essas duas categorias, o que ainda gera algum descontentamento. Para garantir alguma economia, os clubes querem que os novos profissionais entrem na faixa dos 5% que já são destinados aos atletas.

Para ler a íntegra dessa e outras notícias dos bastidores do futebol, acesse a coluna De Primeira.

Futebol