PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Paulistão é vitrine para (nova) garotada atrair olhar de Abel no Palmeiras

Abel conversa com Rafael Elias, ex-Papagaio, durante o treino, na Academia de Futebol.  - Cesar Greco/ Divulgação Palmeiras
Abel conversa com Rafael Elias, ex-Papagaio, durante o treino, na Academia de Futebol. Imagem: Cesar Greco/ Divulgação Palmeiras

Gabriela Chabatura

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/03/2021 04h00

Se a temporada 2020 serviu para o Palmeiras lançar e valorizar os seus atletas da base, Abel Ferreira poderá, pelo Campeonato Paulista deste ano, observar com mais afinco algumas opções que foram pouco utilizadas até então. Este é o caso de alguns garotos como Rafael Elias (antes chamado de Papagaio) e Henri, que são da mesma safra de Gabriel Menino, Wesley e Patrick de Paula, mas quase não atuaram pelo time profissional.

Com a definição do cronograma de recesso, o Verdão apostará mais uma vez nas crias da Academia para a disputa do Estadual, que já está em andamento. Até por isso o papel dessas revelações terá ainda mais ênfase do que no ano passado, ao menos nessas primeiras rodadas, enquanto os protagonistas de uma das temporadas mais vitoriosas do clube descansam.

Uma das grandes expectativas da torcida é ver, com maior frequência, Rafael Elias em campo. Depois de 14 meses sem atuar por causa de uma suspensão por doping e empréstimos para Atlético-MG e Goiás, o centroavante entrou no segundo tempo no clássico com o Corinthians, na última quarta-feira (3), e a tendência é que seja mais acionado pela comissão técnica.

Contra o mesmo Corinthians, o técnico Abel Ferreira também promoveu a estreia de três jogadores que atuaram pelo profissional pela primeira vez, foram eles: o lateral direito Gustavo Garcia, o meio-campista Fabinho e o atacante Giovani.

A situação do zagueiro Henri, por sua vez, é diferente. O zagueiro foi promovido por Vanderlei Luxemburgo, no ano passado, mas precisou deixar o grupo por conta de uma lesão no menisco lateral do joelho esquerdo, provocada no início de setembro. Passou por cirurgia e, agora, está inscrito para o Estadual.

Até o duelo contra o São Caetano, quinta-feira (11), no Allianz Parque, em jogo adiado pela primeira rodada do Paulistão, outros nomes podem aparecer como novidade. O Verdão deve incluir outros jovens na lista enviada à Federação Paulista de Futebol (FPF), já que o regulamento permite a inserção de novos atletas até 9 de abril.

Uma dessas novidades foi o meia Alan, de 21 anos, que já foi incorporado ao grupo. Ele foi utilizado em dois jogos da Florida Cup e, sem chances no time principal, acabou emprestado para o Guarani para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro — competição que atuou por 69 minutos.

Esses são novos testes, então, para o Palmeiras que fará sua primeira final da temporada, em 11 de abril, contra o Flamengo, pela Supercopa do Brasil.

Futebol