PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Menon: Não dá para entender como esse time do Inter ganhou nove seguidas

Do UOL, em São Paulo

21/02/2021 20h31

Classificação e Jogos

Atrás no placar com a virada do Flamengo e com um jogador a menos devido à expulsão de Rodinei, o Internacional não conseguiu criar boas oportunidades na busca pelo empate e saiu derrotado por 2 a 1 do Maracanã. Com uma série de bons resultados no segundo turno, incluindo uma sequência de nove vitórias, o time de Abel Braga não muda a sua forma de jogar.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Isabela Labate, Menon, Renato Maurício Prado e Rodrigo Mattos —, Menon afirma que o futebol apresentado pelo time de Abel Braga é ruim, de pouco repertório e faz pensar como conseguiu as vitórias da série que o colocou na briga pelo título.

"O Inter, vou falar assim de uma maneira desagradável, que time ruim, não? Líder do campeonato, ex-líder, pode ser campeão, mas não dá para entender muito como é que esse time ganhou nove seguidas. Repertório nenhum, dois jogadores, Edenilson e Patrick, pelos lados do campo, jogadores que são bons jogadores, jogadores ok. E bola para o alto para o Galhardo, eu acho muito feio esse time do Inter", diz Menon.

"Ele merece estar onde está, porque o resultado não foi roubado, não foi erro de juiz, mas eu prefiro ver o Grêmio jogar, por exemplo, muito mais bonito para o meu modo de gostar do futebol, uma saída melhor, mais passes, o Inter se for campeão vai ser assim um campeão de pouca técnica", completa.

O jornalista afirma que o fato de o Inter ainda estar na disputa com o Flamengo mostra como o time rubro-negro desperdiçou oportunidades, quando deveria ter uma pontuação maior.

"Isso tudo demonstra como o Flamengo perdeu tempo, porque o Flamengo tem muita gente boa e tinha que estar com muito mais pontos do que tem. Aí são vários motivos que talvez nem valha à pena voltar, mas o Flamengo deu muita chance", diz Menon.

Mattos: Inter de Coudet era um time que jogava melhor

Rodrigo Mattos concorda com Menon que o time comandado por Abel Braga não joga um futebol bonito, mas lembra que o time sob o comando do argentino Eduardo Coudet no primeiro turno tinha um bom futebol e era mais agradável de se ver, lembrando que a possibilidade de título também se deve aos pontos conquistados com o ex-treinador.

"Esse Inter do Abel é um time feio jogando, mas o Inter do primeiro turno, que era o Inter do Coudet, embora tivesse em alguns jogos um aspecto mais defensivo e tal, era um time que marcava mais na frente, era mais intenso, trocava mais a bola, tanto que o primeiro jogo Flamengo e Inter lá no Beira-Rio é um jogo muito bom, tecnicamente muito melhor do que esse", diz Mattos.

"No caso do Inter, era um time melhor com o Coudet, depois que sai o Coudet e entra o Abel, aí que vira esse negócio de faz um gol, recua todo mundo, só ataca forçando a linha lá de cima, bola alta, aí é realmente feio de ver, mas eu acho que tinha uma base em metade do campeonato, pelo menos, era um time mais agradável, um time que propunha, que agredia o adversário", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol