PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Abel Braga vê "critérios estranhos" do juiz e lembra lances contra o Inter

Do UOL, em Porto Alegre

21/02/2021 19h27

Classificação e Jogos

Abel Braga reclamou da arbitragem após a derrota do Inter por 2 a 1 contra o Flamengo, hoje (21), pela penúltima rodada do Brasileirão. Segundo o treinador, o árbitro Raphael Claus já tomou decisões diferentes em lances semelhantes, gerando desconfiança do comandante.

"O jogo do VAR participa do jogo. As decisões são tomadas muito de acordo com o VAR. E eu lamento muito o que houve hoje porque eu acho o Claus entre os três melhores árbitros do país. Mas as imagens que vimos nos vestiários, inclusive em relação a alguns jogos do Flamengo, arbitrado por ele, situações muito mais claras, e foi dado amarelo. Se você perceber o vídeo, no lance do Rodinei ele não deu a falta e o amarelo. Foi, olhou o VAR, e o calcanhar do Rodinei está no chão. Ele chegou na bola, estava com a bola dominada. Os jogadores do Flamengo disseram que nem precisa olhar o VAR, não é para cartão, eles falaram, não foi nada. Isso nós sabemos também", disse o treinador.

Segundo Abel, as decisões de Claus foram "muito estranhas" durante a partida. O treinador ainda lembrou lances contra o Inter, como o gol do Sport na derrota do Beira-Rio em que o Colorado alega que a bola tinha saído, e o pênalti na vitória contra o Vasco.

"O Patric (do Sport) cruzou uma bola cinco metros, com a parte interna do pé e contra o vento. Se a bola voltou como voltou e bateu na linha, ela saiu. E o VAR não teve condição de dizer se saiu. E no jogo do Vasco, teve aquele pênalti que simplesmente lamentável, e o Cuesta tomou amarelo imediatamente. Ficou fora hoje. O Gustavo Henrique estava pendurado com dois e não sabemos a condição real do Arão. Tem muita coisa estranha", completou.

Abel ainda citou outros lances de jogos de outras equipes em que Claus apitava e lances parecidos tiveram outras decisões da arbitragem que não a expulsão, como de Rodinei, no início do segundo tempo após lance com Filipe Luís.

"Se você ver a entrada do Natan no joelho do Peglow, foi dado amarelo imediatamente. Não sei se é um entrosamento muito grande com VAR, porque para ele tira a responsabilidade, como se não tivesse sido feito por ele. Mas, no Gre-Nal, Palmeiras e Corinthians do Jô no Gustavo Gómez, Flamengo e Atlético-MG, no Guga. As imagens vão para CBF porque é o mesmo árbitro com critérios diferentes. Me explica: Por que o Gustavo Henrique não tomou amarelo?", completou.

Por fim, o treinador do time gaúcho disse que acredita em seus jogadores e que o campeonato ainda não terminou.

"Eu agradeço meus jogadores, mesmo com um jogador a menos não abdicamos de jogar, acertando, errando, buscando empate, mas não sabemos. Sabemos que tem um grande time do outro lado. Dentro da normalidade seria difícil, mas este foi muito estranho os critérios lamentavelmente", afirmou.

"Você tem que confiar porque esta situação atual que estávamos antes do jogo foi devido a um resultado que o Flamengo não participou, contra o Sport. O Flamengo agora joga contra o São Paulo, e o campeonato não acabou. Eu já tinha dito isso antes, só poderia sair um campeão hoje, que seríamos nós. Foi um jogo com características e detalhes muito especiais, que não condiz muito com a verdade. Esta é a verdadeira verdade", completou.

O Flamengo chegou a 71 pontos e assumiu a liderança do campeonato. Se vencer o São Paulo, quinta-feira, conquista o bicampeonato. Ao Inter cabe vencer o Corinthians e contar com um tropeço dos cariocas.

Internacional