PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Botafogo perde em casa para o Sport e é rebaixado pela 3ª vez no Brasileiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/02/2021 21h56

Classificação e Jogos

O Botafogo está rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. A queda para a Série B já se desenhava ao longo das últimas semanas e foi confirmada nesta sexta-feira (5), no encerramento da 34ª rodada do torneio, com a derrota para o Sport por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos. O gol da vitória pernambucana foi marcado por Iago Maidana, de pênalti, ainda no primeiro tempo

Com a derrota, o Glorioso segue seu calvário estacionado na última colocação da tabela com 24 pontos. Restando quatro rodadas para o fim do Brasileiro, o clube só pode chegar a 36 pontos - menos que os 37 do primeiro time fora da zona da degola, atualmente o Vasco. A situação na tabela confirmou o terceiro rebaixamento do time de General Severiano na história do campeonato - 2002 e 2014 anteriormente.

Já o Sport foi a 38 pontos, subiu para a 14ª colocação e respirou na luta contra a queda para a Série B. Na próxima rodada, o Botafogo encara o Grêmio, em casa, enquanto o Leão visita o Internacional.

Terceira queda

Esta será a terceira vez que o clube de General Severiano vai disputar a segunda divisão do Brasileiro. O Botafogo jogou a Série B em 2003, ainda em outra fórmula de disputa, e em 2015, já no formato de pontos corridos. Nas duas ocasiões, retornou à elite no ano seguinte.

Na primeira vez, ainda como mata-mata, o Alvinegro foi vice-campeão, ficando atrás do Palmeiras. Já na edição de 2015, foi o campeão — Santa Cruz, Vitória e América-MG completaram o G4.

O Jogo

Botafogo começa em cima

Em casa, o Botafogo buscou ditar o ritmo de jogo nos primeiros minutos e Matheus Nascimento chegou a levar perigo ao gol do Sport. Em um dos lances, o jovem de apenas 16 anos finalizou de voleio e Luan Polli conseguiu a defesa.

Segue o jogo

Em um dos primeiros avanços do Sport, Júnior Tavares arriscou de longe, a bola desviou e foi para a área. Thiago Neves tentou dominar e, marcado, caiu. Houve pedido de pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

VAR e pênalti

Aos poucos, o Sport começou a se soltar e a criar mais oportunidades. Em uma delas, após desvio na zaga do Glorioso, Marcão aproveitou sobra e finalizou de fora da área. A bola desviou em Romildo e Diego Loureiro fez a defesa. O VAR, porém, chamou o árbitro para a análise de um toque na mão do jogador alvinegro.

Após avaliar as imagens, a penalidade foi marcada. Na cobrança, Iago Maidana abriu o placar.

Agitado, mas sem chances

Depois do gol, o jogo ficou movimentado, mas preso entre as intermediárias. Os times se movimentavam e conseguiam trocar passes, porém, esbarravam na marcação e em erros de passes na conclusão das jogadas.

Por cima

A primeira boa chance no segundo tempo foi do Botafogo. Em jogada pela esquerda, Victor Luis avançou em velocidade e cruzou. A bola passou pela área e sobrou na segunda trave para Romildo, sem marcação, mas ele mandou por cima da meta.

Dalberto salva duas vezes

Apesar de atacante, Dalberto evitou dois gols em lances consecutivos. No primeiro, tirou a bola praticamente em cima da linha depois de cobrança de falta de Kevin. Posteriormente, depois de cobrança de escanteio e desvio de Navarro, apareceu de novo e jogou a bola para a linha de fundo.

Mudanças de estratégia

Os dois treinadores fizeram alterações para mudar a cara da equipe. Barroca colocou o atacante Matheus Babi na vaga de Romildo, enquanto Jair Ventura colocou o zagueiro Rafael Thyere no lugar do volante Ewerthon.

Contra o relógio

O Botafogo começou a ganhar espaço, ocupou mais o campo de ataque e buscou desesperadamente o empate, resultado que evitaria o rebaixamento nesta rodada. Porém, o time alvinegro foi empilhando oportunidades desperdiçadas.

Diego Loureiro evita o segundo

O Sport quase ampliou a vantagem quando o jogo já começava a entrar na reta final. Após cobrança de escanteio, Dalberto cabeceou bem, mas Diego Loureiro conseguiu fazer a defesa.

Sousa arrastado

O zagueiro Sousa, ao conseguir desarmar Patric, caiu na própria área apontando um incômodo muscular. Com o Botafogo sem tempo para perder, o goleiro Diego Loureiro e o zagueiro Kanu arrastaram o companheiro para fora do campo.

Jogadores desolados

No apito final, os jogadores alvinegros se mostraram desolados com o rebaixamento já decretado.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 SPORT

Competição: Campeonato Brasileiro, 34ª rodada
Data: 5 de fevereiro de 2021, sexta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: José Welison (BOT); Betinho, Ewerthon, Raul Prata (SPT)
Gols: Iago Maidana, do Sport, aos 23'/1ºT

Botafogo: Diego Loureiro; Kevin, Kanu, Sousa, Victor Luis (Hugo); Zé Welison, Caio Alexandre e Romildo (Matheus Babi); Matheus Nascimento (Lecaros), Cesinha e Rafael Navarro (Kalou). Técnico: Eduardo Barroca

Sport: Luan Polli; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Júnior Tavares (Sander); Ewerthon (Rafael Thyere), Betinho (Marcio Araújo), Marcão e Thiago Neves (Luciano); Marquinhos (Raul Prata) e Dalberto. Técnico: Jair Ventura