PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Luxa elogia postura do Vasco em vitória sobre o Atlético-MG: 'Saber sofrer'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/01/2021 00h24

O técnico Vanderlei Luxemburgo celebrou a vitória do Vasco sobre o Atlético-MG, na noite de hoje (13), em São Januário, e ressaltou que desenhou a estratégia que acreditava se encaixar melhor no estilo de jogo do adversário. O triunfo fez o Cruz-Maltino chegar aos 35 pontos e sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O Vasco chegou a estar ganhando por 3 a 0, mas viu o Galo crescer e encostar no placar, que terminou em 3 a 2.

"Não foi circunstância, armamos esse esquema no treino. O Atlético quer que marque em cima para poder achar os espaços. Quando você tira os espaços, ele deixa espaços para a gente. A estratégia foi sofrer um pouco, tem de saber sofrer para ganhar do Atlético. A ideia era nos fecharmos. E o Benítez fez função tática importantíssima por que ele vinha fazer o lado direito como terceiro homem de meio de campo. Leo Gil pela esquerda e o Benítez pela direita, com Bruno Gomes por trás. Quando saía, as jogadas sempre iniciavam com ele", disse.

O treinador avaliou ter sido o melhor primeiro tempo da equipe desde a chegada dele à Colina e rasgou elogios à jogada que gerou o terceiro gol.

"Acho que foi o melhor jogo no primeiro tempo. No segundo, sofremos. Mas quero dar os parabéns porque o terceiro gol nosso foi de um jogo de futebol bonito e bem jogado. Com qualidade, toque de bola, visão de jogo, finalização perfeita. Então nosso time está de parabéns pelo resultado e contra um adversário muito difícil", ressaltou.

Ele admitiu que a derrota para o Coritiba, em casa, não estava nos planos na luta para fugir da degola, mas garante que a equipe está "no caminho certo".

"Fugiu [da ideia] o Coritiba, mas a derrota em Bragança [Paulista, para o Red Bull Bragantino]... O São Paulo foi lá e perdeu, outros times perderam. O Coritiba era um jogo importante, confronto direto e perdemos. Tivemos uma expulsão que nos prejudicou, mas estamos no caminho certo na busca pela manutenção na Série A. A vitória foi importante para subir um pouquinho, mas ainda não terminou. Tem muita coisa para acontecer", aponta.

Luxa aproveitou também para enaltecer a dupla Cano e Benítez, indicando que a comissão técnica tem um planejamento para a utilização do meia, que volta aos poucos após se recuperar de lesão.

"O Cano é um grande finalizador. A bola tem que chegar nele, que ele bota a bola para dentro. Sobre o Benítez, as pessoas, às vezes, não entendem que temos um planejamento. As coisas são decididas em reuniões com a comissão técnica. O Benítez estava parado há muito tempo, e eu o trouxe para jogar com o Coritiba porque era um jogo em casa, importante. Ele jogou com um jogador a menos, então solicitou muito da parte física. Se eu o levasse para Bragança para um jogo que seria difícil com ele ou sem ele, poderia causar uma lesão e um prejuízo muito grande. Preferi deixá-lo aqui treinando para ter uma condição bem melhor", afirmou o técnico cruz-maltino, que completou:

"Benítez jogou bem no primeiro tempo [contra o Atlético-MG] até os 30 minutos, buscando o jogo. Voltou bem no segundo tempo, jogou mais do que deveria. Pedia para ficar mais um tempo. É malandro, experiente e segura a bola. Fiquei esperando ele me dizer quando seria a hora de trocar".

Vasco