PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: "Se Diniz perder Copa do Brasil e Brasileiro, será um tremendo fiasco"

Do UOL, em São Paulo

24/12/2020 12h00

O São Paulo poderá chegar ao final de 2020 na liderança do Campeonato Brasileiro e na decisão da Copa do Brasil, caso consiga passar pelo Grêmio após a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo, em Porto Alegre, tendo a definição do confronto na próxima quarta-feira, no Morumbi. Mas também há a possibilidade de ver a sua diferença para o vice-líder Flamengo diminuir e a eliminação diante do time de Renato Portaluppi.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte, Alicia Klein e Renato Maurício Prado discordaram na análise sobre o trabalho de Fernando Diniz e o merecimento de sua permanência mesmo no caso de os resultados não serem bons nas próximas semanas e o time ficar sem os dois títulos que disputa.

Alicia é crítica à falta de tempo e respaldo aos técnicos e considera que o trabalho de Diniz já foi bom na temporada atual ao se colocar no patamar atual nas disputas do Brasileirão e da Copa do Brasil.

"Eu estava pensando justamente sobre a possibilidade de ele perder os dois títulos e eu não tenho a menor dúvida de que ele deveria ficar, eu acho que o grande problema do futebol brasileiro é essa falta de estabilidade no trabalho, você não consegue impor o seu estilo, você não consegue trazer os jogadores, você não tem a confiança do elenco, você não consegue conquistar nem a confiança da torcida", diz Alicia.

"O São Paulo chegou na semifinal da Copa do Brasil, na pior das hipóteses vai ser vice do Campeonato Brasileiro, muito provavelmente campeão, mas isso é um ano ruim? Isso é um ano lixo? Isso é um treinador que não merece respeito, é um bosta? Não é possível, a gente precisa mudar essa visão do futebol brasileiro, de que o cara tem que chegar e ganhar título no primeiro ou no segundo ano", completa.

Já Renato acredita que ainda é cedo para considerar que o São Paulo será campeão ou vice no Brasileirão, acredita até numa queda de rendimento no caso de uma eliminação diante do Grêmio na Copa do Brasil, e considera que seria um fiasco terminar a temporada sem títulos ao lembrar as eliminações no Campeonato Paulista, na Libertadores e na Sul-Americana.

"Primeiro, se ele perder os dois títulos é fiasco, é um tremendo de um fiasco, porque a temporada será um tremendo fiasco. Porque ele perdeu o Paulistinha, ele foi eliminado da Libertadores na primeira fase e que ele foi eliminado da Sul-Americana no primeiro confronto, se além disso ele perder a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, me desculpe, mas para mim é um fiasco", afirma Renato.

"Se ele perder a Copa do Brasil, esse time do São Paulo pode entrar em um espiral e acabar em terceiro ou quarto. Ele está a sete pontos do Atlético-MG, gente, faltam 13 rodadas, não vejo essa história de que já tem pelo menos o vice garantido, para mim ele não tem nem o título e nem o vice garantido, isso tudo vai depender muito ainda do que vai rolar, tem muita água para rolar debaixo dessa ponte ainda. E uma derrota, uma eliminação na Copa do Brasil vai ser um pancadão na cabeça desse grupo, eu não tenho a menor dúvida disso. Claro, em compensação, se ele ganhar, ele aí se enche de moral e periga a ganhar os dois", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol