PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

São Paulo perde chances, Grêmio vence por 1 a 0 e abre vantagem na semi

Do UOL, em Porto Alegre

23/12/2020 23h26

O Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0, hoje (23), na Arena, e abriu vantagem na semifinal da Copa do Brasil. O resultado foi construído após o time paulista perder duas chances claras de gol, com Brenner e Luciano. Diego Souza foi quem marcou para a equipe gaúcha em Porto Alegre.

O resultado dá ao Grêmio o direito de jogar por qualquer vitória ou empate o duelo de volta, na próxima quarta (30), no Morumbi. Ao São Paulo cabe vencer por um de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou dois ou mais de margem para se classificar.

No fim de semana, o São Paulo enfrenta o Fluminense, sábado, no Rio de Janeiro. O Grêmio enfrenta o Atlético-GO, domingo, em casa. Ambos os jogos pelo Brasileiro.

Foi bem: Daniel Alves deixa colegas na cara do gol

Se dependesse exclusivamente dos passes de Daniel Alves, o São Paulo teria uma partida muito mais tranquila. O meio-campista deixou Brenner sem nem o goleiro pela frente, mas o atacante errou. Colocou Luciano cara a cara com Vanderlei, mas o colega também desperdiçou. Além de ditar o rimo da criação de sua equipe.

Foi mal: Brenner pede chance sem goleiro

O jogo estava empatado em 0 a 0 e o São Paulo começava a criar chances. Logo na primeira, uma tabela colocou Daniel Alves pelo lado direito. Ele cruzou e Brenner ficou com apenas o gol pela frente. Mas não conseguiu concluir e perdeu chance clara de gol.

Ferreira entra e abre caminho para gol do Grêmio

Ferreira entrou no jogo apenas no segundo tempo. E na primeira chance que teve, conseguiu levar a marcação de Reinaldo, foi ao fundo e cruzou. A bola rebateu na defesa e Diego Souza colocou para a rede.

Dúvida até minutos antes do jogo, Luciano tenta muito

Luciano era dúvida até momentos antes do jogo. Mas conseguiu se recuperar em tempo e foi utilizado por Fernando Diniz. Logo no início, sofreu um pouco com o ritmo da partida, mas acabou se adaptando e foi importante na busca por espaços no ataque. No segundo tempo, desperdiçou chutando por cima uma chance cara a cara com o goleiro.

O jogo do Grêmio: Pressão na saída e gol anulado

O Grêmio não conseguiu ter o domínio do jogo como gosta, mas executou com perfeição a marcação ofensiva. Como o São Paulo constrói suas jogadas a partir da saída curta, com o goleiro Tiago Volpi muitas vezes participando do início dos lances, o time de Porto Alegre tratou de adiantar seus jogadores e marcar no campo rival. Conseguiu, assim, evitar a chegada do adversário com tranquilidade à frente. Ainda que tenha criado pouco ofensivamente, a equipe da casa reclamou de um gol anulado na primeira etapa, e na segunda, quando o São Paulo empilhava chances, marcou, com Diego Souza, e mudou o cenário do jogo.

O jogo do São Paulo: Dificuldade no início, chances incríveis depois

O São Paulo teve mais posse de bola e o controle do jogo. Mas isso não significou que tenha empilhado oportunidades desde o início. Pelo contrário. Foram poucos chutes ou chances reais de marcar no primeiro tempo. A equipe de Fernando Diniz buscou atacar pelos lados, mas acabou não encontrando espaço na boa defesa gremista. Cometeu uma série de erros técnicos e não foi consistente o suficiente para avançar. No segundo tempo, porém, tudo mudou. Daniel Alves fez grande jogada e Brenner perdeu um gol incrível. Na sequência foi a vez de Daniel Alves deixar Luciano cara a cara com o goleiro, mas o atacante colocou por cima, perdendo mais uma oportunidade clara. Depois do desperdício, o São Paulo levou gol e não conseguiu se reencontrar.

Amigos, Diniz e Renato já trabalharam juntos

Fernando Diniz e Renato Gaúcho são amigos. Após trabalharem juntos no Fluminense, em 2002, a dupla mantém contato e amizade fora de campo. Antes do jogo, se cumprimentaram e trocaram palavras e abraços à beira do campo.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 SÃO PAULO

Data: 23/12/2020 (quarta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Michael Correia
VAR: Rodrigo Nunes de Sa
Cartões amarelos: Bruno Alves, Daniel Alves, Sara, Vitor Bueno, Reinaldo (SP); Thaciano, Matheus Henrique, Vanderlei (GRE);
Gols: Diego Souza, do Grêmio, aos 17 minutos do segundo tempo;

GRÊMIO
Vanderlei; Victor Ferraz, Kannemann, Geromel (Rodrigues) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan (Lucas Silva), Thaciano (Ferreira), Jean Pyerre (Everton) e Pepê; Diego Souza (Churín).
Técnico: Renato Gaúcho

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves (Vitor Bueno), Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Toró); Luciano (Tchê Tchê) e Brenner;
Técnico: Fernando Diniz