PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

José Trajano: "São Paulo precisa estar preocupado, assim como sua torcida"

Do UOL, em São Paulo

24/12/2020 01h22

Classificação e Jogos

Na abertura das semifinais da Copa do Brasil, o Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0 em Porto Alegre, enquanto o Palmeiras ficou no empate em casa com o América-MG em 1 a 1, e o Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Vinicius Mesquita, Renato Maurício Prado, Alicia Klein e José Trajano —, analisa a situação para a definição dos finalistas na próxima semana, com Trajano chamando a atenção para o alerta no São Paulo de Fernando Diniz.

Para Trajano, o São Paulo deve se preocupar com o risco de ver escapar mais uma vez a oportunidade de vencer uma Copa do Brasil caso não consiga reverter a situação no confronto com o Grêmio no Morumbi, e considera também o impacto que pode ter no clube em relação à disputa do Campeonato Brasileiro.

"O São Paulo tem que estar preocupado sim, assim como a sua torcida tem que estar preocupada sim. Primeiro, perdeu de 1 a 0. É fácil, pode reverter, o jogo lá no Morumbi, o São Paulo tem um time até melhor do que o Grêmio, mas o Grêmio também não é de caçoar, não, o Grêmio foi muito bem, no primeiro tempo o Grêmio foi melhor que o São Paulo, apesar de o São Paulo ter tido mais posse de bola", diz Trajano.

O jornalista diz que a dupla de ataque do São Paulo decepcionou na partida e vê no torcedor são-paulino a preocupação em mais uma vez o time chegar perto do título inédito e ficar sem o troféu.

"Eu acho que Brenner e Luciano também não foram bem, o Reinaldo, que vinha jogando bem, também não foi aquele lateral que vai à linha de fundo e chuta para o gol, são características dele, chutar bem de longe e procurar a linha de fundo, e falhou no combate com o Ferreirinha. Mas está tudo em aberto, agora, os são-paulinos têm que estar com a pulga atrás da orelha, fica aquela pergunta, será que mais uma vez o São Paulo vai perder a chance de conquistar uma Copa do Brasil?", diz Trajano.

Trajano considera que no caso de uma eliminação na Copa do Brasil a torcida do São Paulo retome as críticas feitas nos momentos em que o time foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista e ainda na fase de grupos da Libertadores, além da queda na Copa Sul-Americana.

"Se o São Paulo for eliminado pelo Grêmio, até que ponto isso vai influenciar na campanha no Brasileiro? Porque volta aquele trauma, foi eliminado do Campeonato Paulista, foi eliminado da Libertadores, pode ser eliminado da Copa do Brasil, o Flamengo chegando perto no Brasileiro, tem uma coisa psicológica também para ser analisada", diz Trajano.

"Claro, se passar pelo Grêmio, tudo isso cai por terra, mas tem que examinar esse detalhe. O Fernando Diniz, que era o pior técnico do mundo, que a torcida queria matar, de repente é o melhor técnico do Brasil, mas de repente se for eliminado da Copa do Brasil volta de novo na sacola dele a eliminação contra o Mirassol, a eliminação da Libertadores e eliminação na Copa do Brasil", conclui.

Trajano critica saída de bola que ocasionou gol do América-MG

José Trajano ressalta que o trabalho do técnico Lisca no América-MG merece elogios após seu time conseguir o empate com o Palmeiras no Allianz Parque, mas chama a atenção para o fato de o gol marcado pela equipe mineira ter saído em um erro de Emerson Santos na saída de bola.

"O gol do América-MG saiu graças a essa maldita saída de bola que o pessoal insiste a todo momento e faz lambança. O zagueiro deu de presente a bola para o Ademir e aí sai o gol do América-MG", diz Trajano.

O jornalista continua acreditando que o Palmeiras tem o favoritismo no confronto para o jogo no Independência na próxima quarta-feira, quando joga precisando vencer para se classificar para a final da Copa do Brasil.

"Eu acho um belo resultado, o Palmeiras ainda é favorito, é um time muito melhor, tem tudo para passar, mas não vai ser fácil, não, porque o América-MG é casca de ferida, está indo muito bem, está indo muito bem na Série B, está na semifinal, conseguiu um resultado legal fora de casa, apesar que o Palmeiras tem mais time, tem mais jogadores, foi melhor no jogo, mas não conseguiu fazer os gols que precisava, então fica em aberto", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol