PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio goleia Vasco por 4 a 0 e aumenta pressão em Sá Pinto

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/12/2020 17h54

O Grêmio não tomou conhecimento do Vasco e goleou por 4 a 0 neste domingo, em Porto Alegre. O triunfo fez o Tricolor igualar o recorde de invencibilidade na temporada - são 16 jogos sem perder - e, claro, dar um salto na tabela. Os gols foram marcados por Diego Souza (2), Pinares e Lucas Silva. Por outro lado, o resultado aumenta ainda mais a pressão no técnico Ricardo Sá Pinto. O português, que já vinha sendo questionado internamente, está na linha de tiro da diretoria e pode até não se segurar no cargo com o revés.

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 40 pontos e subiu três posições na classificação do Campeonato Brasileiro: pulou de 7º para a 4º. O Vasco, por sua vez, se mantem com 24 pontos e na zona de rebaixamento. Os gaúchos voltam a campo na quarta-feira, quando receberá o Santos. Já o Cruzmaltino encara o Fluminense, no domingo, em São Januário.

Matheus Henrique 100 jogos

O talentoso volante do Grêmio completou neste domingo 100 jogos com a camisa do clube. E Matheus Henrique teve grande atuação dando assistência para o primeiro gol da equipe, marcado por Diego Souza. "Quero agradecer a comissão e ao grupo de jogadores. Sou feliz aqui e espero retribuir tudo isso, todo o apoio que recebo e o carinho do torcedor", disse o meio-campista.

Grêmio iguala sequência recorde de vitórias em 2020

O time de Renato Gaúcho vive grande momento na temporada. Prova disso é que a vitória sobre o Vasco igualou a sequência de 16 jogos de invencibilidade ocorrida entre fevereiro e agosto. São 13 vitórias e três empates no período contra 9 triunfos e sete igualdades anteriormente.

Grêmio pressão inicial

A diferença de qualidade entre as equipes ficou evidente desde os primeiros minutos. Jogando em casa, o Grêmio tratou de fazer a famosa pressão inicial. E por muito pouco o gol não já saiu com Pepê. O jovem atacante aproveitou cruzamento da direita, se antecipou à zaga do Vasco e mandou para fora.

E perde boas chances

Minutos depois, o Grêmio quase voltou a estufar as redes. Aos 11min, novamente Pepê. Ele cruzou na medida para Ferreira, livre de marcação e dentro da pequena área, cabecear para fora. O gol parecia questão de tempo em Porto Alegre.

Vasco assusta em contra-ataques

Inteiramente dominado, o Vasco tentava criar ao menos jogadas nos contra-ataques. O Grêmio, no entanto, fazia boa marcação e quase sempre recuperava as bolas assim que a perdia. Nas poucas vezes em que os cariocas conseguiram chegar ao ataque levaram perigo. A melhor dela em chute cruzado de Léo Matos, defendido por Paulo Victor.

VAR anula gol de Ferreira

O Grêmio chegou a comemorar gol de Ferreira, aos 24min, mas o lance acabou anulado. Na origem da jogada, Victor Ferraz viu a bola escorar no seu braço esquerdo. O árbitro havia validado o gol, mas viu o VAR chamar para revisão. Após rever o lance, Raphael Claus voltou atrás.

Pressão final

O Grêmio não parou por um minuto de buscar o gol e já merecia a vitória. Mas a bola insistia em não entrar. Matheus Henrique se mostrava uma grande alternativa ofensiva. Ele aparecia bem na entrada da grande área para finalizar. Aos 39min, ele parou em Fernando Miguel.

Diego Souza abre placar

O Vasco tentou se segurar enquanto pôde, mas não teve muito o que fazer. Aos 40min, Matheus Ferraz cruzou na medida para Diego Souza, que subiu mais que toda a defesa para escorar e abrir o placar: 1 a 0.

Grêmio mantém pressão e Diego Souza marca segundo

Na volta do intervalo, o Grêmio seguiu mandando na partida. O time manteve a pegada firme e o segundo gol não demorou a sair. Em cruzamento de Victor Ferraz, Diego Souza, bem posicionado, meteu a cabeça e fez seu segundo no jogo.

E Pinares amplia

Minutos depois foi a vez de Pinares. O chileno recebeu passe de Pepê na entrada da área e finalizou com categoria para vencer Fernando Miguel. Chamou a atenção a facilidade com que o ataque do Grêmio trabalhou a bola na intermediária do Vasco.

Pepê quase faz golaço e é zoado por Renato

Um dos destaques da partida, Pepê quase fechou sua atuação com chave de ouro. O atacante recebeu em profundidade e tocou por cobertura. Fernando Miguel apenas viu a bola bater no travessão e sair pela linha de fundo. Ao ser substituído, o atacante ouviu, em tom de brincadeira, uma cornetada: "Vou te mostrar meu DVD para você saber o que fazer na frente do goleiro", disse o técnico com sorriso no rosto.

Renato Gaúcho poupa titulares

Após encaminhar a vitória, o técnico Renato gaúcho automaticamente promoveu algumas mudanças no time para poupar titulares. Autor de dois gols, Diego Souza foi um dos escolhidos e deu lugar a Churín. Maicon, Matheus Henrique w Pinares também foram para o banco. Mais tarde, Pepê foi preservado.

Grêmio tem gol impedido

Em ritmo de treino, o Grêmio seguiu no campo de ataque, mas sem o mesmo entusiasmo. Mesmo assim, o time ainda chegou a balançar as redes. Lucas Silva, de dentro da área, acertou a trave e, no rebote, Thaciano, impedido, conferiu. Lance anulado.

Virou goleada

Nos acréscimos, o Grêmio transformou a vitória em goleada. Lucas Silva foi derrubado por Miranda dentro da área. Na cobrança, o próprio volante bateu com categoria e deu números finais: 4 a 0.

Grêmio 4X 0 Vasco

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 06/ 12 / 2020 (domingo), às 16h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Cartões amarelo: Léo Matos (VAS) Diego Souza (GRE)
Gols: Diego Souza, aos 40min do primeiro tempo; Diego Souza, aos 7min, Pinares, aos 9min, Lucas Silva, aos 47min do segundo tempo

Grêmio: Paulo Victor; Matheus Ferraz, Pedro Geromel, David Braz e Diogo Barbosa; Maicon (Darlan), Matheus Henrique (Thaciano), Pepê (Robinho), Ferreira e Pinares (Lucas Silva); Diego Souza (Churín). Técnico: Renato Gaúcho

Vasco: Fernando Miguel; Miranda, Marcelo Alves (Ribamar) e Castan (Ricardo); Léo Matos, Marcos Júnior (Juninho), Leonardo Gil, Benítez e Neto Borges; Thalles Magno (Tiago Reis) e Gustavo Torres (Carlinhos). Técnico: Ricardo Sá Pinto

Grêmio