PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com gol relâmpago, Bruno Marques supera marcas de Neymar, Gabigol e Rodrygo

Bruno Marques comemora gol marcado em estreia pelo Santos - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Bruno Marques comemora gol marcado em estreia pelo Santos Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Rafael Serra

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/11/2020 04h00

Classificação e Jogos

O atacante Bruno Marques roubou a cena ao marcar um gol em sua estreia profissional pelo Santos, na vitória por 4 a 2 sobre o Sport, ontem (28). De cabeça, sua especialidade, o jovem grandalhão [tem 21 anos de idade e 1,94m de altura] anotou o terceiro gol do Peixe na Vila Belmiro apenas seis minutos após entrar em campo no lugar de Kaio Jorge.

Tal façanha salta ainda mais aos olhos quando comparamos essa cifra às de alguns dos principais atacantes revelados na história recente do Santos. Começando pelo maior deles: Neymar.

O atual camisa 10 da seleção brasileira e do PSG fez seus primeiros jogos como profissional do Santos em 2009, aos 17 anos. Sob o comando do hoje corintiano Vagner Mancini, Neymar estreou contra o Oeste, já sob enorme expectativa, no Pacaembu, mas só começou a escrever sua história com as redes uma semana depois, contra o Mogi Mirim, também no estádio paulistano. Para isso, necessitou de 149 minutos em campo.

Outro atacante que estreou naquele ano foi André, que hoje veste as cores do Gaziantep FK, da Turquia. O jogador, primeiro grande parceiro de ataque da carreira de Neymar, fez seu primeiro gol pelo Peixe em sua quarta partida pelo clube, totalizando uma espera de 73 minutos.

Provavelmente o atacante de maior prestígio atuando no Brasil atualmente, Gabigol foi revelado pelo Santos em 2013. Com a missão iminente de substituir Neymar, que deixava o clube no mesmo período rumo ao Barcelona, o atacante anotou seu primeiro tento pelo Alvinegro da Vila Belmiro contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, na sexta vez em que entrou em campo. A espera totalizou 125 minutos.

A última grande joia revelada em Santos foi o madridista Rodrygo. O atacante estreou como profissional pelo Peixe ainda aos 16 anos, em novembro de 2017, contra o Galo. Três jogos (entrando como reserva), somando apenas 40 minutos em campo, foram suficientes para que ele fizesse seu primeiro gol com a camisa alvinegra em janeiro de 2018, contra a Ponte Preta, pelo Paulistão.

Além deles, Bruno Marques foi mais precoce que alguns de seus contemporâneos no Santos, como Arthur Gomes, Kaio Jorge e Marcos Leonardo. Confira abaixo os números de cada um.

  • Arthur Gomes - 18 minutos para marcar o primeiro gol pelo Santos

  • Rodrygo - 40 minutos

  • André - 73 minutos

  • Marcos Leonardo - 101 minutos

  • Gabigol - 125 minutos

  • Neymar - 149 minutos

  • Kaio Jorge - 280 minutos

Futebol