PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Felipão fala em vitória significativa contra a Chape, mas pede pés no chão

Scolari comemora vitória em Chapecó, mas segue com discurso cauteloso no Cruzeiro - Igor Sales/Cruzeiro
Scolari comemora vitória em Chapecó, mas segue com discurso cauteloso no Cruzeiro Imagem: Igor Sales/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

25/11/2020 00h40

Classificação e Jogos

O técnico Luiz Felipe Scolari definiu a vitória do Cruzeiro sobre a líder isolada da Série B do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense, como "significativa". Apesar do elogio pelo triunfo da Raposa, alcançado com gol do atacante Rafael Sobis, o experiente treinador seguiu com o seu discurso de pés no chão pela situação ainda difícil do clube celeste na Divisão de Acesso.

"Quanto à vitória de hoje, foi significativa em relação aos três pontos que precisávamos. Nós, como sempre falamos, estamos em uma situação muito difícil. E essa situação está sendo modificada aos poucos para que a gente consiga atingir o primeiro objetivo. Quando nós chegamos, o Cruzeiro tinha 13 pontos. É uma situação que víamos uma dificuldade muito grande. Os passos estão sendo dados devagar, não como toda a torcida deseja, só com vitórias, mas estamos conseguindo o que pretendíamos em primeiro lugar, vamos seguir assim", destacou o treinador.

O Cruzeiro impôs apenas a segunda derrota da Chapecoense em toda essa edição da Série B. Antes, o time Condá, que lidera de forma isolada, havia perdido apenas para o Cuiabá, na sexta rodada da competição. O triunfo celeste fez com que, também, a Chape perdesse uma invencibilidade de 17 jogos na Segunda Divisão deste ano. E mais, foi a primeira derrota da equipe em casa no torneio.

"Essa vitória serve para que na sexta-feira a gente tenha no Confiança, uma dificuldade que será muito grande, mas que a gente possa superá-los para atingir aqueles pontos necessários para atingirmos o número mínimo de pontos que a gente pretende", completou Felipão.

O treinador da Raposa deseja também, segundo ele próprio disse, aproveitar "as coisas boas" apresentadas contra a Chape em outras partidas. Na Arena Condá o time celeste jogou sem o atacante de referência, apostando em Rafael Sóbis como o "falso 9", Airton aberto por um lado e Willian Pottker do outro.

"Nós tivemos alguns exemplos bons do jogo de hoje e vamos aproveitar esses exemplos bons para dar tentar dar sequência ao trabalho. Se nós encontramos razoavelmente algumas situações melhores as que nós tínhamos anteriormente, é manter, desenvolver, dar estrutura ao pessoal que jogou, e ver no jogo de sexta se podemos manter esse nível ou melhorar um pouco mais. Foi uma exibição boa", ressaltou.

O próximo compromisso do Cruzeiro é nesta sexta-feira (27) contra o Confiança, no Mineirão, às 21h30.

Com a vitória, a primeira do time celeste em cima de um integrante do atual G4 da Série B, o time de Felipão chega aos 28 pontos, mas se mantém no 15º lugar. É que o Brasil de Pelotas venceu o CRB, tem um ponto a mais e está no 14º lugar.

Cruzeiro