PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro acelera trabalho no mercado da bola para atender desejo de Felipão

Felipão e sua comissão técnica aguardam mais reforços no Cruzeiro - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Felipão e sua comissão técnica aguardam mais reforços no Cruzeiro Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

13/11/2020 04h00

Classificação e Jogos

A ideia de dar mais experiência ao elenco do Cruzeiro vai tomando corpo e diretoria celeste continua com a missão de conseguir reforços para Luiz Felipe Scolari. Em dez dias, o departamento de futebol entregou duas novas peças para o treinador armar o time: Willian Pottker e, como antecipou o UOL Esporte, Rafael Sóbis. Ambos para o setor ofensivo.

A intenção é anunciar pelo menos mais um contratado na próxima semana, mas a situação não depende apenas dos esforços do Cruzeiro. Como informou o UOL na última segunda-feira (9), o polivalente Jonathan Copete tem oferta da Raposa. Porém, para finalizar a negociação, é preciso uma autorização do Conselho Deliberativo do Santos, clube que detém os direitos econômicos do colombiano, que atua pelo lado esquerdo do ataque e pode até jogar na lateral.

Por causa do período eleitoral no clube santista, que escolherá seu novo presidente em 12 de dezembro, é preciso que o Comitê Gestor do Peixe autorize algumas tomadas de decisão, dentre essas, compra, venda e liberação de atletas. E é nessa situação que se encontra o caso envolvendo Copete.

Na próxima terça-feira (17) haverá uma reunião do Comitê Gestor do Santos e a definição pela liberação do jogador deve ser tomada. O Cruzeiro, segundo informações do UOL, está positivo na expectativa. É que o jogador não pode ser regularizado no Peixe, que está punido com transfer ban da Fifa, por dívidas com o Huachipato (CHI) e Atlético Nacional (COL).

Enquanto não quitar tais pendências, há esse impedimento de inscrição de atletas no sistema da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O salário do jogador está sendo pago integralmente pelo Santos. A proposta cruzeirense é assumir metade dos vencimentos de Copete, que, segundo apurou a reportagem, estão na casa dos R$ 280 mil.

Reforçar o meio-campo

A chegada de Copete, se confirmada, não fechará o ciclo de contratações no Cruzeiro. Felipão quer mais reforços para outros setores do campo, já que até agora só chegaram atletas para o ataque.

A posição que o treinador constatou carências no elenco foi a de primeiro volante. Felipão quer um jogador que aumente o poder de marcação no meio-campo. Alguns nomes já foram analisados, como Wellington, em fim de contrato no Athletico-PR, e Junior Urso, do Orlando City (EUA). Porém, até o momento não há novidade, apenas o interesse mantido por parte da Raposa.

O zagueiro Ramon é que tem atuado improvisado no setor pela ausência de uma peça de confiança de Scolari. E ao lado dele o jovem Jadsom tem sido escalado.

O veterano que poderia ser utilizado na posição é Henrique. Mas, além de estar se recuperando de cirurgia no menisco do joelho direito, o meio-campista também está em baixa com a torcida celeste.

Cruzeiro