PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Benja se vê com a cara do SBT: "Estou chegando para tentar fazer história"

Benjamin Back prometeu um estilo "raiz" no Arena SBT - Ricardo Borges/UOL
Benjamin Back prometeu um estilo "raiz" no Arena SBT Imagem: Ricardo Borges/UOL

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

25/10/2020 04h00

Amanhã (26), Benjamin Back estreia no comando da mesa de debate esportivo do Arena SBT, nova atração do canal. O jornalista, que também trabalha no Fox Sports, disse em entrevista ao UOL Esporte que sente que tem o perfil da emissora de Silvio Santos e que quer fazer história no Sistema Brasileiro de Televisão.

"Tudo começou a surgir quando o SBT comprou os direitos da Libertadores. Um tempo depois, eles tiveram a ideia de fazer um programa de debate, e o perfil que eles queriam era justamente o que eu tenho: uma coisa mais irreverente, com polêmica, informação e tudo mais. Um estilo mais descontraído, que é a cara do SBT. Aí pintou essa conversa comigo", contou Benja.

O Arena SBT irá ao ar às 23h45 (de Brasília). Benja está ansioso para "ver a bola rolar", porque acredita que combina muito com o canal. O apresentador terá a companhia do amigo Mano e dos ex-jogadores Emerson Sheik e Cicinho, além de Téo José e Mauro Beting.

"As expectativas são as melhores e mais bacanas possíveis como sempre quando começo um projeto novo. Eu sempre entro para ganhar, sou um cara muito competitivo. Me cobro muito. Foi assim desde o dia que eu entrei na Fox e em todos os lugares que eu trabalhei, e no SBT não vai ser diferente. Eu estou chegando para tentar fazer história, fazer as coisas acontecerem de uma forma que eu tenho quase certeza que tem tudo para dar certo, porque meu perfil tem muito a ver com o SBT", exaltou Benja, que prometeu um "programa raiz".

"Programa de futebol para mim tem que ter os mesmos sentimentos de quando vou a um jogo. Quando vou a uma partida, eu dou risada quando meu time ganha, choro quando meu time perde uma final ou é eliminado de campeonato e fico p... quando acontece algo de ruim. E no programa de televisão é a mesma coisa. Eu quero que as pessoas riam, se divirtam, chorem as vezes por emoção e que também fiquem bravas com uma opinião polêmica, algo que o torcedor não gosta de ouvir. Os mesmos sentimentos de um jogo de futebol têm que estar em um programa que eu participo", destacou.

O profissional, que já foi apresentado como reforço do canal na última quarta-feira (21) após a goleada do Palmeiras sobre o Tigre, não vê a hora de conhecer Silvio Santos. Benja não escondeu a grande admiração que tem pelo comandante e da emissora.

"Infelizmente eu não conversei com o Silvio ainda. Adoraria nem que fosse trocar cinco minutos de conversa e uma foto. Sou da geração que vi e vejo até hoje o Silvio Santos. Sempre fui fanático por programa de auditório. E para mim o Silvio Santos está para a televisão assim como Pelé está para o futebol. Ele é o número 1, o melhor de todos. Adoraria poder conversar com ele, porque o homem é sensacional. Para mim, ele transformou o domingo da TV brasileira: Qual é a Música, Show de Calouros, Pegadinhas... Eu poderia ser o presidente do fã clube do Silvio Santos", falou o comunicador.

Ao contrário do amigo Maurício Borges, o Mano, Benja optou por permanecer no Fox Sports e diz que está conseguindo se articular bem com as duas atividades. "Por enquanto a conciliação com os trabalhos na Fox está bem legal. Consigo conciliar bem, porque o programa do SBT é uma vez por semana, não tem nenhum conflito de horários, eu não deixo de fazer nenhum programa que faço diariamente no Fox Sports", afirmou.

Futebol