PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Maurício Prado: "Dome precisa conhecer melhor o elenco do Flamengo"

Do UOL, em São Paulo

15/10/2020 23h44

Classificação e Jogos

O Fim de Papo, live pós-rodada do UOL, os jornalistas Renato Maurício Prado, Menon, Rodrigo Mattos e Luiza Oliveira debateram o empate do Flamengo com o Red Bull Bragantino em jogo no qual o clube rubro-negro perdeu a oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro em meio a uma maratona com três jogos disputados em um intervalo de cinco dias.

Para Renato Maurício Prado, o técnico Domènec Torrent errou na escalação e também nas decisões tomadas ao longo da partida, como na escalação de Renê na lateral esquerda, a posição de Lincoln e mesmo a saída do centroavante Pedro. Para o jornalista, é necessário que o técnico conheça melhor o elenco que tem em mãos, além da necessidade de usar mais os jogadores da base em meio à maratona de jogos.

"Acho que ele está aprendendo, está evoluindo e tomara que consiga evoluir a ponto de fazer esse time jogar o futebol que ele tem que jogar pelo elenco que ele tem. Agora, ele ainda precisa conhecer melhor o elenco, ele precisa conhecer melhor os jogadores que ele tem na mão e precisa tomar algumas decisões, que ele ainda toma algumas decisões a meu ver desastrosas", afirma Renato.

"Nesse momento acho que ele tem que começar a usar mais a base, a gente falava aqui que o Jorge Jesus não dava muita bola para a base, é verdade, eu quero ver se ele vai dar agora, porque ele descobriu várias joias, o goleiro, o Natan, o Ramon e alguns outros jogadores que podem perfeitamente como o Bala, que podem perfeitamente entrar justamente no meio dessa maratona toda, o Flamengo está com um desgaste gigantesco, um calendário insano, bota os garotos para jogar", completa.

Rodrigo Mattos é mais moderado em relação às opções do técnico no jogo com o time de Bragança Paulista devido às limitações físicas e que é preciso ter paciência em relação a não atingir a liderança do Brasileirão, um campeonato longo, com o risco de perder peças importantes pelo desgaste.

"O time foi mal, no primeiro tempo especialmente, não mostrou intensidade, eu acho que estava até encaixada a retomada de bola, mas muito lenta, sem acelerar o passe, o que tornava o jogo fácil para o Bragantino marcar. Tomou um gol muito bonito no início do segundo tempo", diz Rodrigo.

"Como as peças de substituição não funcionaram, o time acabou ficando no empate que retratou um jogo morno no final das contas. Perdeu a chance da lideranças, mas tem que pensar que é um campeonato é longo e não adianta arrebentar os jogadores agora. Tinha uma maratona muito grande e se você considerar a sequência de jogos do Flamengo, não é ruim ter ganho quatro seguidas nas circunstâncias que ganhou, hoje não foi bem", completa.

Já Menon comenta o desgaste de Everton Ribeiro, que deixou o gramado do Maracanã com dores no joelho e precisará ser avaliado depois de ter voltado ao Brasil para jogar sem tempo para descanso no retorno da seleção brasileira, na qual jogou duas partidas pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

"Eu fico pensando que CBF é essa que destrata o seu campeonato? Everton Ribeiro vai jogar na seleção, dois jogos lá o Tite usa um pouco só e volta para jogar aqui para se contundir. Eu acho que não deveria ter, data Fifa é para não ter jogo, o Flamengo tem esses problemas todos, o Galo perde o Júnior Alonso, perde dois jogadores, eu acho que é um horror o que a CBF faz com o seu campeonato", afirma o jornalista.

O Fim de Papo volta a ser apresentado na próxima semana, após os jogos da rodada da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro, com jornalistas e comentaristas do UOL analisando os detalhes das principais partidas.

Futebol