PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Weverton se estabelece na Seleção e prepara recepção de novato do Palmeiras

Weverton, durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol - Cesar Greco
Weverton, durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

20/09/2020 04h00

Weverton tornou-se figura recorrente em convocações da seleção brasileira. Chamado por Tite novamente na sexta (18), o goleiro do Palmeiras já se sente à vontade para preparar a recepção de Gabriel Menino, um dos novatos da lista para a disputa das Eliminatórias.

"O Weverton já falou para que eu fosse ensaiando (para o trote na seleção), para me soltar (risos)", contou Gabriel Menino. "Ele já falou bastante comigo, disse que posso contar com ele. Com ele e com o Gabriel Jesus vou me sentir bem", acrescentou, citando o atacante do Manchester City (ING), formado no Verdão.

Se Menino prepara-se para viver a primeira convocação, o camisa 1 alviverde já está acostumado. Titular na campanha do ouro olímpico em 2016, ele foi chamado três vezes por Tite em 2019. Weverton estava, também, na primeira lista para as Eliminatórias, antes da mudança do calendário por conta da pandemia do coronavírus.

Jogador do Palmeiras desde 2018, Weverton busca uma marca que não é atingida desde 1997: completar três temporadas seguidas com pelo menos 20 partidas sem sofrer gols.

Em 2018, foram 21 partidas, e em 2019, 26. Até o momento, o goleiro não foi vazado em 14 das 29 partidas que fez nesta temporada. Velloso foi o último a atingir esta marca, entre 1995 (28 jogos sem ser vazado), 1996 (24) e 1997 (27).

Hoje (20), contra o Grêmio, o goleiro fará a 30ª partida na temporada - ele perdeu apenas um jogo, contra o Fluminense, pelo Brasileirão. Com 118 partidas pelo clube, Weverton levou 73 gols e tem a segunda menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,61, atrás somente do paraguaio Benítez, com 0,54. O líder neste quesito, porém, disputou apenas 24 jogos, em 1978.

A defesa sólida é uma das principais armas do Palmeiras, que está há 15 jogos sem perder: são oito vitórias e sete empates, contando Paulista, Brasileiro e Copa Libertadores. Diante do Grêmio em crise, o Verdão tenta manter a sequência e seguir próximo dos líderes no Nacional.

Palmeiras