PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Gabriel Menino tomou susto em almoço com a mãe ao saber de convocação

Gabriel Menino já atuou como lateral e agora foi convocado - Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Gabriel Menino já atuou como lateral e agora foi convocado Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

18/09/2020 17h32

Gabriel Menino contou de forma bem-humorada a surpresa ao ser comunicado da convocação para disputar as Eliminatórias da Copa do Mundo com a seleção brasileira. O jogador do Palmeiras estava almoçando com sua mãe, Silvana, e não assistia ao anúncio, quando recebeu uma ligação de seu empresário.

"Eu estava almoçando com a minha mãe, meu empresário ligou, e me deu parabéns. E eu falei: 'de novo?', achei que era pelo meu gol (contra o Bolívar, na quarta). Ele então falou que eu ia vestir a amarelinha, e eu não entendi. Aí ele mandou o vídeo. Eu me emocionei, minha mãe também, choramos juntos e foi assim que fiquei sabendo", contou o garoto, em entrevista hoje (18), após o treino do Palmeiras.

"Eu me surpreendi sim, sabia que ia ter a convocação, claro que a gente sonha, mas não esperava que fosse já. Agradeço a Deus pela oportunidade e agora vou agarrar com as duas mãos", completou.

Aos 19 anos de idade, Gabriel foi promovido no início do ano ao profissional e vai estar à disposição de Tite para os jogos contra Bolívia e Peru, em outubro, assim como o goleiro Weverton. Meio-campista na equipe de Vanderlei Luxemburgo, ele foi chamado como lateral-direito, função que já desempenhou na base e também no Verdão em 2020.

"Eu acho que só tenho a agradecer a Deus, por ter a convocação como lateral. Eu me sinto bem onde o professor me coloca. Tanto como lateral ou volante, encaro como oportunidade de mostrar meu trabalho. Independente de onde for, quero mostrar meu trabalho", reforçou.

Gabriel Menino é o atleta da base que mais atuou em 2020: foram 25 partidas, seguido por Patrick de Paula, com 22. Na quarta, fez o primeiro gol como jogador profissional e tornou-se o segundo mais jovem a marcar pelo Palmeiras em Libertadores. Por conta dessas marcas, o garoto fez um agradecimento a Luxemburgo.

"Tenho de agradecer muito ao professor. Ele olhou mais a base, me deu a chance de jogar como volante, lateral, ponta, primeiro volante. Ele deu a oportunidade de mostrar meu futebol ao mundo. Tenho de agradecer à comissão técnica por ajudar a mostrar meu trabalho, a ter a primeira convocação", encerrou.

Palmeiras