PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Árbitro de Ceará x Santos diz que foi chamado de "ladrão safado" na partida

Do UOL, em São Paulo

06/09/2020 09h59

O árbitro Wagner Reway relatou em súmula o que o fez expulsar tantos jogadores na partida entre Ceará e Santos, ontem pelo Campeonato Brasileiro. O juiz distribuiu seis cartões vermelhos na partida, incluindo um para o técnico do time nordestino Guto Ferreira. Reway disse que foi xingado várias vezes na partida.

Luan Peres e Alison, do Santos, e Samuel Xavier, Bruno Pacheco, Leandro Carvalho e Guto Ferreira, do Ceará receberam cartões vermelhos. O Santos venceu por 1 a 0 com gol de Felipe Jonatan.

Wagner Reway disse ter sido chamado de "ladrão safado" por Samuel Xavier: "Motivo: V2.5. Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola. - Por dar um soco no rosto de seu adversário nº 14, revidando um empurrão com uso de força excessiva. O atleta atingindo apresentou um ferimento na boca com tal atitude. Após o término do jogo e enquanto estava no corredor de acesso ao vestiário de arbitragem, juntamente com diversos dirigentes o atleta expulso me xingou com as seguintes palavras 'seu ladrão safado, por que não vem sem a polícia?'", escreveu o árbitro.

Outro que teria xingado Reway foi o técnico Guto Ferreira, também expulso. "Por invadir o campo após o término do jogo, deslocar-se em direção a equipe de arbitragem e dirigir-se ao assistente nº 2 senhor Kilden Lucena com as seguintes palavras 'com a sua incompetência você prejudicou nossa equipe'. Referindo-se ao lance onde o assistente nº 2 colaborou corretamente na expulsão de um atleta da sua equipe".

Bruno Pacheco, do Ceará, teria chutado objetos pelo caminho após ser expulso. "Expulsei com segundo cartão amarelo por calçar seu adversário de maneira temerária com a sola da chuteira. Após ser expulso o mesmo chutou uma garrafa de água próximo ao banco de reservas e já dentro do túnel de acesso chutou uma lixeira, este último fato narrado a mim pelo delegado Antonio Alber de Brito Vieira".

As outras expulsões foram relatadas no documentos como sendo consequências de lances que aconteceram durante a partida.

Futebol