PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2019/2020

Liverpool, Chelsea e mais: as referências futebolísticas de Peaky Blinders

Elenco da série britânica "Peaky Blinders" - Reprodução
Elenco da série britânica "Peaky Blinders" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/08/2020 04h00

A série britânica Peaky Blinders foi um grande sucesso no país. De acordo com a BBC, emissora que exibiu a série no Reino Unido, a 5ª temporada bateu recorde de audiência com 7.2 milhões de pessoas assistindo.

Em grande parte da série, é retratada a forma de como a família Shelby dominou a cidade de Birmingham, na Inglaterra, no começo do século 20 e expandiu seus negócios. No entanto, em alguns momentos existem referências ao futebol e o UOL Esporte listou algumas delas.

Confira:

CONTÉM SPOILERS

Estádio do Birmingham (St Andrew's Stadium)

No primeiro episódio da primeira temporada, a personagem Grace consegue um trabalho no Pub Garrisson e pergunta para o Harry, dono do bar, porque o estabelecimento estava tão cheio.

Ele respondeu que o motivo era que todos estavam indo a Saint Andrew's e que naquele dia tinha jogo dos 'Blues', apelido do Birmingham.

Dan Tremeling e Tommy Jackson

Outra referência ao futebol inglês na série acontece no segundo episódio da quarta temporada. Charlie, o tio de Thomas Shelby está recrutando pessoas para combater o avanço de Luca Changretta e os italianos na cidade de Birmingham.

Charlie desconfia que um dos homens pode ser um italiano querendo de infiltrar nos Peaky Blinders e faz um teste com ele, pergunta quem era o goleiro do Aston Villa e do Birmingham.

Fato curioso é que a resposta foi: "Dam Tremeling, é dos Blues, e Tommy Jackson, do Villa". Ambos realmente jogaram nas equipes, Sam jogou no Birmingham entre 1919 e 1932 e Tommy Jackson atuou em mais de 200 oportunidades pelo Aston Villa.

"Vardy's Party"

No quarto episódio da quarta temporada uma cena mostra o painel com os nomes dos cavalos que participariam das corridas naquele dia. Um deles se chamava: "Vardy's Party". Uma referência direta ao atacante inglês que ganhou muita visibilidade após ser um dos principais responsáveis pela conquista inédita do Campeonato Inglês de 2015/16 com o Leicester City.

Manipulação de resultados

Com a crise de 29 nos Estados Unidos, a família Shelby perdeu grande parte do seu dinheiro. Sendo assim, eles precisaram buscar novas formas de recuperá-lo e passaram a manipular os resultados no futebol inglês.

No segundo episódio da quinta temporada, é possível ver uma lousa de giz no escritório de Finn, irmão mais novo de Thomas Shelby, atrás de Billy Grade com o nome de clubes ingleses que estão até hoje em atividade e fazem, ou já fizeram parte, do Campeonato Inglês como: Liverpool, Chelsea, Birmingham, Newcastle e Blackburn Rovers.