PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sampaoli adota rotação tática no Atlético-MG, mas atletas sentem facilidade

Elenco do Atlético-MG tem encontrado facilidade para se adaptar às exigências de Sampaoli, de acordo com Allan - Bruno Cantini/Atlético-MG
Elenco do Atlético-MG tem encontrado facilidade para se adaptar às exigências de Sampaoli, de acordo com Allan Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

12/08/2020 04h00

Classificação e Jogos

Três zagueiros, lateral interno, dois atacantes, falso nove... Os esquemas táticos de Jorge Sampaoli variam a cada partida do Atlético-MG na temporada. Em cinco datas desde a volta do futebol em meio à pandemia do novo coronavírus, o argentino só repetiu a escalação em uma oportunidade. Nos demais compromissos, fez mudanças conforme os adversários costumam atuar.

As variações realizadas pelo técnico não são treinadas às vésperas dos jogos, sobretudo pelo curto espaço de tempo entre as rodadas. Entretanto, este não é um problema, de acordo com o volante Allan, um dos prediletos do treinador na Cidade do Galo.

"A gente teve um período muito bom de treinamento com essa pausa da pandemia. Ele treinava toda semana os jogadores em posições diferentes, times diferentes. Todos estão preparados para essas mudanças dele, a gente sabe que é normal. Ele é um cara que se dedica muito a isso. Acaba ficando fácil [se adaptar às mudanças], por mais que você não jogue em sua posição de origem. Sabendo de tudo o que vai acontecer, as coisas ficam fáceis e o time anda", comentou o meio-campista.

Depois de adotar três zagueiros na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, atual campeão nacional, em pleno Maracanã, o Atlético deve fazer mais uma vez uma mudança de esquema para o jogo contra o Corinthians, hoje (12), às 19h15 (de Brasília), no Mineirão, pela segunda rodada do Brasileirão 2020. O técnico, contudo, ainda não deu indícios sobre as alterações para o elenco.

"Com certeza, a cada jogo a gente tem uma estratégia diferente, uma forma de marcar, de jogar. A gente deve ajustar algumas coisas agora, porque ainda não deu tempo. É fazer bem feito como fizemos contra o Flamengo para as coisas acontecerem", disse Allan.

As modificações feitas por Sampaoli a cada compromisso são vistas de forma natural pelo elenco. Presente em todas as partidas sob a batuta do técnico, o volante Allan explica como funciona as modificações no cotidiano.

"Exatamente, a cada jogo a gente tem uma estratégia. Ele se dedica muito a isso, ao adversário. O que vai acontecer no jogo ele nos passa. É escolha dele, o que ele colocar para jogar vai ser melhor para o time, melhor para a equipe. A gente vai dar ao máximo e fazer o que ele tem pedido", concluiu.

  • Como o Atlético-MG joga? Veja o guia tático:

Atlético-MG