PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Procon notifica Einstein por erros em testes de covid-19 do Red Bull

Jogadores do Red Bull Bragantino durante aquecimento antes de partida contra o Corinthians - Divulgação/Red Bull Bragantino
Jogadores do Red Bull Bragantino durante aquecimento antes de partida contra o Corinthians Imagem: Divulgação/Red Bull Bragantino

Do UOL, em São Paulo

05/08/2020 15h09

O Procon-SP notificou o Hospital Albert Einstein hoje, pedindo explicações sobre o erro nos resultados de 26 testes para a covid-19 no elenco e comissão do Red Bull Bragantino.

O episódio envolvendo o Bragantino resultou na divulgação de diversos casos de covid-19 de forma equivocada, às vésperas da derrota da equipe para o Corinthians nas quartas de final do Campeonato Paulista. Os exames que deram falso positivo foram corrigidos a tempo do jogo, mas os atletas não puderam treinar antes disso e acabaram prejudicados.

O Procon pediu que o hospital informe qual é o nome da empresa responsável pela elaboração e aplicação dos testes, além do motivo que levou ao diagnóstico equivocado e se ele pode ter ocorrido em outros casos.

A entidade também solicitou que o Einstein esclareça quais tipos de testes para detecção do novo coronavírus estão disponíveis no hospital; como é feito o controle de segurança, qualidade e eficácia; qual é a origem dos reagentes utilizados para os testes e quais medidas foram adotadas pelo hospital.

Ontem, a Federação Paulista de Futebol e o hospital informaram que o erro nos resultados dos testes do Bragantino também havia sido replicado em outras 44 amostras. Os testes adicionais foram realizados em pacientes comuns, sem relação com os testes feitos para a sequência do Campeonato Paulista.

O hospital também já havia explicado que, no período em que os resultados divergiram, foram identificados dois lotes específicos de reagentes importados com instabilidade de funcionamento, que foram provavelmente os responsáveis pelos resultados distintos.

Agora, com a notificação, o Hospital Albert Einstein tem 72 horas para responder ao Procon-SP. Procurada pelo UOL, a assessoria do hospital informou que a notificação será respondida dentro do prazo.

Futebol