PUBLICIDADE
Topo

Enderson calcula ao menos 10 rodadas para Cruzeiro chegar ao G-4 da Série B

Enderson Moreira orienta jogadores do Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Enderson Moreira orienta jogadores do Cruzeiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

19/07/2020 04h00

O técnico Enderson Moreira divide seu otimismo sobre a participação do Cruzeiro na Série B com a expectativa de não figurar entre os quatro melhores no início da competição. Por começar o torneio com seis pontos negativos, o comandante ainda crê que serão necessárias pelo menos dez rodadas para o time começar a disputar uma posição no G-4.

"É importante falar isso, porque o torcedor tem que entender que ficaremos talvez seis, sete rodadas convivendo com uma zona próxima do rebaixamento. É uma coisa que precisamos administrar. Não vamos, simplesmente, fazer dois jogos e sair. Isso não vai acontecer. Isso vai acontecer com a sequência das rodadas", afirmou Enderson.

"Acima de tudo, é importante que a gente passe uma imagem de uma equipe que realmente vai demonstrar para todos os torcedores que é uma equipe competitiva, que vai buscar as vitórias em todos os jogos. É um momento que a gente sabe que é difícil. Isso pode durar até dez rodadas para a gente não entrar em uma zona de classificação", acrescentou.

A punição o Cruzeiro aconteceu porque o clube não pagou uma dívida na casa de R$ 5 milhões ao Al-Whada, dos Emirados Árabes Unidos. Por isso, a Fifa impôs a perda de seis pontos antes do início da Série B. Se não conseguir quitar essa pendência na próxima cobrança, o Cruzeiro será novamente punido e correrá o risco até de ser rebaixado para a terceira divisão.

No próximo fim de semana, o Cruzeiro voltará a entrar em campo. O time ainda tem duas partidas pelo Campeonato Mineiro, contra a URT e Caldense, e briga por uma vaga nas semifinais. Seu primeiro compromisso pela Série B será contra o Botafogo-SP, em 7 ou 8 de agosto.

Cruzeiro