PUBLICIDADE
Topo

Grêmio fecha acordo com elenco e parcela pedaço de salários até 2022

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

23/06/2020 13h26

Resumo da notícia

  • Grêmio vai pagar cerca de 20% dos salários de julho, agosto e setembro em 24 vezes
  • Acordo teve participação de Renato Gaúcho, que foi procurado pelo elenco
  • Este é o segundo acordo financeiro do clube com jogadores durante a pandemia

O Grêmio fechou acordo com grupo de jogadores e vai parcelar cerca de 20% dos salários do elenco dos próximos três meses em 24 vezes. O acerto faz parte da segunda onda do plano de contingência do clube diante da crise do novo coronavírus. Os termos passam a valer a partir de julho.

A informação foi publicada pelo globoesporte.com e confirmada ao UOL Esporte.

Em termos técnicos, o Grêmio fará um diferimento na folha salarial do elenco principal. Os atletas não aceitaram a proposta de redução salarial, ou seja, recusaram oferta que previa corte de vencimentos por três meses. As negociações por acordo começaram há semanas e chegaram a envolver Renato Gaúcho.

A folha salarial do Grêmio fica perto de R$ 12 milhões e com o acordo, o clube se compromete em pagar valores até o final de 2022. O prazo foi estipulado para evitar acúmulo de despesas e falta de fluxo de caixa ao longo da próxima temporada.

Em março, o Grêmio fez primeiro acordo com jogadores e adiou pagamento do direito de imagem referente a três meses. No acerto também foi adiada a quitação de luvas de novos contratos e renovações.

Futebol