PUBLICIDADE
Topo

Vereador cria mentira e ameaça repórter após pergunta sobre nomeação

Sergio Brito, assessor de gabinete, ao lado do vereador Camilo Cristófaro (PSB) - Reprodução
Sergio Brito, assessor de gabinete, ao lado do vereador Camilo Cristófaro (PSB) Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 20h13

O vereador Camilo Cristófaro (PSB), de São Paulo, fez ameaças e inventou uma mentira sobre um repórter do UOL Esporte após ser questionado sobre os motivos de uma nomeação em seu gabinete.

A reportagem entrou em contato com o vereador na manhã de hoje (5) para conversar sobre uma apuração em andamento. Cristófaro nomeou ontem como assessor de gabinete Sergio Brito de Sousa, um torcedor do Palmeiras que no dia 24 de maio havia tirado uma foto na Av. Paulista chamando para briga torcedores do Corinthians.

Na imagem, Sergio Brito dizia: "Deus, pátria, família e amigos. Odiamos gambá. Estamos esperando vocês." A reportagem revelou que o palmeirense havia sido funcionário do gabinete de Cristófaro. Mais tarde, Sergio Brito se disse arrependido e apagou a mensagem.

Na ocasião, ao ser questionado sobre a postagem, o vereador Cristófaro afirmou ao UOL Esporte que Sergio era seu amigo, embora tenha sido exonerado de seu gabinete em 24 de abril. "É meu amigo, mas pra ficar no meu gabinete tem que trabalhar. Não trabalhando, não tem como ficar", disse o vereador. No lugar de Sergio, o vereador nomeou a filha dele, uma estudante do curso de "Têxtil e Moda", de 18 anos.

Cristofaro - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Dez dias depois dessa declaração, o vereador exonerou a filha e recontratou Sergio Brito, conforme consta na edição de ontem do Diário Oficial de São Paulo.

A reportagem então voltou a entrar em contato com o vereador para entender qual a justificativa da nomeação do palmeirense para o cargo de assessor, que tem o salário bruto de R$ 5.016,08.

Procurado pelo Whatsapp, o vereador ignorou a pergunta sobre o motivo da nomeação. A reportagem então ligou ao celular de Cristófaro, que respondeu rispidamente. "Vai procurar o que fazer e para de me encher o saco", gritou o vereador antes de desligar o telefone.

Camilo - Karime Xavier/Folhapress - Karime Xavier/Folhapress
Imagem: Karime Xavier/Folhapress

À tarde, o vereador mandou dois áudios, nos quais inventa uma mentira sobre o repórter.

"Que cara de pau, hein, filho. Você faz parte da Gaviões da Fiel e vem encher meu saco! Vou entrar na minha página e vou pôr a tua foto e mostrar que você é um jornalista tendencioso. Que jornalistinha de merda que você é. Vocês estão todos falidos. Hoje rede social é que manda. Ninguém lê mais o que vocês escrevem. Vou meter você na minha página com 200 mil seguidores e mandar todo mundo mandar um abraço pra você. Você é uma farsa. Jornalistinha de merda. Corintiano. Você faz parte de torcida organizada e está enchendo meu saco. Você é um brincalhão."

O jornalista do UOL Esporte nunca fez parte de nenhuma torcida organizada e não é corintiano. O vereador Camilo Cristófaro também não tem 200 mil seguidores em nenhuma de suas páginas (tem 166 mil na maior delas, no Facebook).

Em seguida, o parlamentar enviou uma montagem com a foto, o nome do repórter e a informação de que ele seria membro da torcida Gaviões da Fiel, o que é mentira.

O vereador Camilo Cristófaro já teve o mandato cassado por captação ilícita de recursos financeiros durante as eleições de 2016. Ele conseguiu recuperar seu mandato depois. Também já agrediu um assessor de um adversário político dentro das dependências da Câmara.

Futebol