PUBLICIDADE
Topo

Ronaldinho pediu 'por favor' e deu camisa de presente para rival violento

Ronaldinho Gaúcho pediu "por favor" para zagueiro parar de puxar sua camisa - AFP PHOTO/RONALDO SCHEMIDT
Ronaldinho Gaúcho pediu 'por favor' para zagueiro parar de puxar sua camisa Imagem: AFP PHOTO/RONALDO SCHEMIDT

Do UOL, em Porto Alegre

26/05/2020 15h29

O zagueiro Pablo Álvarez revelou, ao programa Crack Deportivo, da Rádio Concepto, da Argentina, um diálogo inusitado com Ronaldinho Gaúcho. Quando defendia o Catania, o jogador tentou parar o craque brasileiro de toda forma, puxando pela camisa e abusando da força. Descontente, o antigo camisa 10 usou da educação e deu até um presente para o adversário no intervalo.

"Eu sabia que enfrentaria um jogador de grande qualidade. Era o que eu podia fazer para tentar evitar que ele jogasse de alguma forma", disse.

Depois de tanto ser puxado no primeiro tempo, o brasileiro resolveu dar a camisa para o rival e fazer um pedido, no intervalo da partida entre Catania e Milan.

"Tinha acabado o primeiro tempo e, no túnel que levava para os vestiários do San Siro (estádio do Milan), ele chegou para mim, tirou a camisa e me deu. E ainda disse: toma, Álvarez, é sua. Mas, por favor, não me puxe mais, pare de me puxar", sorriu o argentino.

Álvarez contou que não parou de cometer faltas. "Foi, de longe, o jogador mais difícil de marcar que eu enfrentei", revelou.

Hoje aos 36 anos, o defensor tem contrato com o Arsenal Sarandi, da Argentina, e guarda como um troféu a camisa que 'arrancou' de Ronaldinho.

Milan