PUBLICIDADE
Topo

Casemiro: 'Agora não pensamos em títulos, mas em derrotar o coronavírus'

Casemiro disse em entrevista que a prioridade no momento é deter a disseminação do coronavírus  - REUTERS/Jon Nazca
Casemiro disse em entrevista que a prioridade no momento é deter a disseminação do coronavírus Imagem: REUTERS/Jon Nazca

Do UOL, em São Paulo

03/04/2020 16h59Atualizada em 03/04/2020 17h49

O volante do Real Madrid e da seleção brasileira Casemiro disse em uma coletiva com crianças organizada pela instituição social "Save the Children", que o pensamento dos atletas e comissão de sua equipe no momento não é ganhar a Liga dos Campeões ou o Campeonato Espanhol, mas sim enfrentar o coronavírus.

"Claro que queremos ganhar a La Liga e a Champions, mas agora não estamos pensando nisso, pensamos em ganhar a luta contra o coronavírus."

O camisa 14 do Real Madrid também comentou sobre como está vivendo no período de quarentena e desejou que todos sejam responsáveis em um momento tão difícil.

"São momentos difíceis e complicados. Temos que fazer nossa parte, que é ficar em casa e ajudar seguindo as normas."

Real Madrid e Infância

Casemiro comentou sobre sua relação com o Real e confessou que Zidane era seu ídolo na infância.

"Eu sempre tive um ídolo, que se chama Zidane, que agora é meu treinador. Ele sempre foi o jogador que mais me encantou. Era um prazer vê-lo jogar, como desfilava em campo. Minha grande inspiração foi o Zidane."

Também disse que se não fosse jogador estaria de alguma forma vinculado ao esporte, e revelou detalhes de sua infância, que foi muito difícil.

"Tive uma infância muito complicada e humilde. Muitas vezes não tinha o que comer e para ir treinar andava de sete a 10 quilômetros."

E por fim contou de sua relação com os outros atletas da equipe e de seu papel no futebol.

"Os jogadores da minha equipe são minha segunda família, não há um carinho maior por um do que por outros. São todos meus amigos e nosso objetivo em comum é de sempre ganhar. Quando se está com uma família não há nada mais bonito."

"Quando vou dormir penso: 'Eu fiz o melhor possível, estou muito tranquilo porque fiz tudo o que podia.' Isso tento levar para a vida, não apenas para o futebol. Logo podemos ganhar ou perder, porém sempre temos que dar o melhor de nós."

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Real Madrid