PUBLICIDADE
Topo

Entenda como Taça Brasil e Robertão foram unificados como Brasileirão

Com títulos unificados, Palmeiras é o maior campeão brasileiro, com dez conquistas - Alê Cabral/Agif
Com títulos unificados, Palmeiras é o maior campeão brasileiro, com dez conquistas Imagem: Alê Cabral/Agif

Do UOL, em Santos (SP)

01/04/2020 04h00

Resumo da notícia

  • CBF unificou os títulos brasileiros no ano de 2010, causando polêmica
  • Taça Brasil, Robertão e Taça de Prata se tornaram títulos nacionais
  • Hoje o Palmeiras é o maior campeão brasileiro, com dez conquistas

Em 2010, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) causou polêmica ao anunciar a unificação das conquistas da Taça Brasil, Torneio Roberto Gomes Pedrosa e Taça de Prata, transformando-as, assim, em títulos nacionais. O tema foi abordado pelo UOL Esporte por meio de um especial que, além de debater o assunto, aproveitou os 60 anos do título do Bahia para recordar a memorável conquista tricolor da Taça Brasil de 1959, sobre o Santos de Pelé.

O trabalho de unificação dos títulos foi liderado pelo historiador Odir Cunha, ligado à diretoria do Santos. Após resgatar matérias da época, o profissional elaborou um detalhado dossiê. Com isso, ganhou o apoio dos presidentes de Palmeiras, Cruzeiro, Bahia, Botafogo e Fluminense, que se juntaram para pressionar a CBF.

Ainda em novembro de 2009, a CBF já havia dado indícios de que poderia acatar o pedido dos clubes. Após encontro com o então presidente Ricardo Teixeira, lideranças dos clubes ouviram um parecer otimista do homem que comandava o futebol brasileiro. "Mandaremos fazer uma análise em cada um dos setores, como o setor técnico, para ver a possibilidade de legalidade dessa iniciativa, que a princípio é factível", afirmou Teixeira à época.

Vale ressaltar que, na época, desafetos de Ricardo Teixeira garantiram que o anúncio da polêmica decisão de unificar os títulos nacionais foi apenas para tirar o foco das recentes denúncias de corrupção que haviam sido feitas contra ele.

Futebol