PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio vence São Luiz-RS após susto duplo em jogo com pedido de paralisação

Maxi Franzoi/AGIF
Imagem: Maxi Franzoi/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

15/03/2020 12h56

O Grêmio segue 100% no segundo turno do Campeonato Gaúcho, mas a terceira vitória na Taça Francisco Noveletto não veio fácil. Hoje (15), em Porto Alegre, o time gremista chegou a levar 2 a 0 do São Luiz-RS e virou para 3 a 2 no segundo tempo. A partida ainda ficou marcada pela cena dos jogadores entrando em campo com máscaras, em protesto pela paralisação do estadual diante da pandemia do coronavírus.

Michel e Jean Carlo fizeram os gols do São Luiz, com menos de 20 minutos de jogo. Paulo Miranda, Thiago Neves e Diego Souza marcaram para o Grêmio.

O próximo jogo programado para o Grêmio é contra o Internacional. O Gre-Nal está marcado para sábado (21), no estádio Beira-Rio. O São Luiz-RS recebe o São José-POA.

Quem foi bem: Jean Pyerre

Camisa 21 entrou na metade da etapa inicial, atuou como volante e ajudou a transformar a atuação do Grêmio. Mesmo com visível diferença física, pelo longo período de recuperação após lesão na coxa, Jean Pyerre deu toque de qualidade diferente.

Quem decepcionou: Luciano

O atacante perdeu três chances incríveis para balançar as redes e quando conseguiu marcar o gol, deu azar. A jogada foi anulada por impedimento de Bruno Cortez, que fez o cruzamento.

Personagem: Thiago Neves faz primeiro gol de letra

O meia-atacante precisou de 11 jogos para fazer o primeiro gol no Grêmio. E que gol. No segundo tempo, Thiago Neves desviou de letra o cruzamento rasteiro de Thaciano. A atuação, no entanto, não foi muito diferente da média do próprio jogador em Porto Alegre.

Grêmio faz começo irreconhecível

O Grêmio começou o jogo irreconhecível. Disperso, sem profundidade e com apenas quatro titulares o time levou 2 a 0 em 18 minutos e parecia resignado. A entrada de Jean Pyerre deu fôlego e empurrou a equipe para cima. Antes de descontar nos acréscimos, a equipe empilhou chances desperdiçadas por falta de pontaria e preciosismo.

Ainda no primeiro tempo, o Grêmio reagiu. O gol de Paulo Miranda nos acréscimos devolveu o time ao jogo. E na etapa final, a pressão se tornou maior. O empate veio como reflexo do domínio e contundência. A virada chegou já com Diego Souza no lugar de Thiago Neves.

Renato esbraveja e troca com 20 minutos

"Vergonha geral", gritou Renato Gaúcho ao time durante parada para hidratação. O rompante do treinador, flagrado pelo Premiere, veio minutos depois de uma troca incomum. Com 22 minutos, Orejuela foi sacado para entrada de Jean Pyerre. O camisa 21 atuou como volante e forçou Thaciano a ser lateral.

São Luiz faz 'gol de lateral'

Marcar gol com menos de 30 segundos de jogo é sinônimo de atenção. Então, a atuação do São Luiz-RS passa por essa atitude. Ligado, o time de Ijuí soube explorar um Grêmio perdido e abriu vantagem cedo. O gol de Michel nasceu de um arremesso lateral cobrado rápido para área. Depois dos dois gols, a equipe passou a se defender a pressão gremista. No segundo tempo, sem fôlego, o São Luiz-RS não resistiu.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 2 SÃO LUIZ-RS

Data e hora: 15/03/2020 (domingo), às 11h (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Jonathan Pinheiro
Auxiliares: Eduardo Bernardi e Fagner Bueno Cortes
Cartões amarelos: Paulo Miranda (GRE); Lúcio, Sílvio, Duda (SLZ)
Gols: Michel, aos 30 segundos do primeiro tempo; Jean Carlo, aos 18 minutos do primeiro tempo (SLZ); Paulo Miranda, aos 49 minutos do primeiro tempo; Thiago Neves, aos 19 minutos do segundo tempo; Diego Souza, aos 35 minutos do segundo tempo (GRE)

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela (Jean Pyerre), Paulo Miranda, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Thaciano, Pepê, Thiago Neves (Diego Souza) e Everton; Luciano (Darlan)
Técnico: Renato Gaúcho

SÃO LUIZ-RS: Lúcio; Lucas, Sílvio, Itaqui e Jadson; João Paulo, Elias (Duda), Maycon, Samuel (Rafael Carrilo); Jean Carlo e Michel (Matheus)
Técnico: Antonio Picoli

Futebol