PUBLICIDADE
Topo

'Não estava 100%', admite Rafinha após Flamengo bater Del Valle na Recopa

Rafinha e Gerson, jogadores do Flamengo, conversam durante final da Recopa Sul-Americana, contra o Del Valle - Marcelo Cortes / Flamengo
Rafinha e Gerson, jogadores do Flamengo, conversam durante final da Recopa Sul-Americana, contra o Del Valle Imagem: Marcelo Cortes / Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

27/02/2020 01h46

Após o Flamengo conquistar a Recopa Sul-Americana, ao vencer o Independiente del Valle (EQU) nesta noite, o lateral-direito Rafinha admitiu que atuou sem estar 100% fisicamente. O jogador ficou fora da final da Taça Guanabara, no último sábado, por conta de dores na coxa esquerda.

Durante a semana, o jogador tratou, foi relacionado e acabou sendo titular no jogo em que o Rubro-Negro triunfou por 3 a 0, garantindo a terceira taça em 2020 - já havia conquistado a Supercopa do Brasil e o primeiro turno do Estadual.

"Vim de uma pequena lesão na coxa esquerda. Deixei claro que não estava 100%, mas, claro, falei com a comissão técnica, falei com o Mister que se tivesse o mínimo de possibilidade de eu jogar, gostaria de estar presente. Queria participar porque é uma decisão e sei que poderia ajudar muito a equipe neste momento. Mesmo sabendo que não estava 100%... Mas o Mister me passou toda a tranquilidade, toda a confiança. O departamento médico também", disse, à Rádio Brasil, Rafinha, que completou:

"Sei da minha responsabilidade. Sabia que não podia entrar, em 10 minutos sentir e queimar uma substituição. Mas como sou um jogador tarimbado em momento de decisão, sabia que podia ajudar bastante. Sei da minha responsabilidade, fui para o o jogo mesmo não estando 100%, mas é isso aí.. Valeu a pena, equipe está de parabéns. Joguei bem e ajudei a conquistar mais um título".

Flamengo