PUBLICIDADE
Topo

Papo com Luxa fez Veiga abandonar improviso para concorrer com Lucas Lima

Raphael Veiga atuou como titular do Palmeiras no confronto diante do Guarani - Cesar Greco/Ag. palmeiras
Raphael Veiga atuou como titular do Palmeiras no confronto diante do Guarani Imagem: Cesar Greco/Ag. palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

23/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Destaque da vitória do Palmeiras sobre o Guarani, Raphael Veiga vai brigar por vaga no time titular com Lucas Lima.
  • O pedido veio do próprio Veiga, que manifestou o desejo de atuar centralizado.em conversa com Vanderlei Luxemburgo.
  • Veiga começou o ano entre os 11 preferidos do treinador, mas atuou como um meia aberto.
  • Na posição que classifica como mais confortável, Veiga acertou quase 90% dos passes e criou quatro chances de gol diante do Guarani.
  • Agora, Veiga quer embalar uma sequência na posição de Lucas Lima, justamente um dos nomes de maior destaque deste início de trabalho em 2020.
Classificação e Jogos

Raphael Veiga começou o ano em alta com Vanderlei Luxemburgo. Bancado pelo treinador e alçado ao time titular como meia aberto pela direita, o ainda jovem jogador de 24 anos teve uma conversa franca com o treinador. Ao invés de buscar um lugar em uma função mais carente no elenco, o canhoto quis encarar a disputa direta com Lucas Lima, um dos destaques do Palmeiras de 2020.

O camisa 23 do Palmeiras recebeu uma importante chance no meio da última semana. Na vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, no Allianz Parque, Lucas Lima ficou no banco, e Veiga atuou durante 83 minutos de maneira participativa e importante. Foram 50 passes, com 89% de aproveitamento, e quatro deles decisivos, criando chances de gol para o time.

Esta oportunidade no time titular no setor em que Veiga se sente mais confortável só veio a partir da iniciativa do próprio jogador. Mesmo com a chance de começar o ano como titular no competitivo elenco palmeirense, o meia prefere brigar por um lugar entre os 11 com Lucas Lima.

"Falei com o professor [Vanderlei Luxemburgo], tive uma conversa bem sincera e falei que ali [centralizado] era o lugar onde preferia jogar, é o meu lugar preferido. Estou feliz por jogar, por estar melhorando e só tenho a crescer", afirmou o meia depois da atuação na última quinta-feira (20).

A relação entre Veiga e Vanderlei Luxemburgo chama a atenção no dia a dia da Academia de Futebol. O meia é uma aposta do treinador, que pediu a permanência do camisa 23 no elenco para 2020.

O treinador, adepto do diálogo individual com os atletas, conversa semanalmente com Veiga e tem dado oportunidades ao jogador. Diante do Mirassol no último fim de semana, o meia saiu do banco para ter papel decisivo no placar de 3 a 1.

Contra o Guarani, Veiga terminou como um dos destaques do Palmeiras - Bruno Ulivieri/AGIF
Contra o Guarani, Veiga terminou como um dos destaques do Palmeiras
Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Contra o Guarani veio a chance como titular e o desempenho em alto nível, respaldado pelos números citados neste texto. Agora, Veiga quer engatar uma sequência e corresponder à aposta feita por Vanderlei Luxembugo.

"Luxa me cobra muito. É um cara que está me ajudando bastante a evoluir durante os treinamentos e jogos pede coisas para mim. Até o fim do ano tenho muita coisa a melhorar ainda", assegurou Raphael Veiga, destaque nas duas últimas vitórias do Palmeiras no Paulistão.

Palmeiras