PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Ex-mulher do goleiro Jean posta foto com filhas e desabafa: 'Desesperada'

Milena Bemfica, mulher do goleiro Jean, que o denunciou por agressão, e as filhas - Reprodução/Instagram
Milena Bemfica, mulher do goleiro Jean, que o denunciou por agressão, e as filhas Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

12/02/2020 18h33

Milena Bemfica, separada do goleiro Jean depois que denunciou o marido por agressão, postou ontem no Instagram uma foto com as duas filhas do casal. Como legenda da imagem, ela publicou um desabafo, dizendo que tem passado por dias difíceis e que espera por justiça.

"Quem vê essa nossa foto, juntas e felizes não imagina os dias complicados que a Mamãe aqui tem passado tentando fazer com que tudo saia perfeito e elas não percebam nada", escreveu.

"Além do trauma que viveram em ver uma cena que nunca sairá da cabeça delas, de um pai agredindo a mãe ainda tem que conviver sem o seu quartinho, sem as suas bonecas, sem os seus antigos coleguinhas, sem os passeios semanais e a atenção diária que a mamãe tinha".

Milena disse que vai lutar pelos direitos das filhas "até o fim". Ela afirma ainda que tenta levar as filhas para ver o pai, mas que ele "se omite" e trata com "descaso" a situação das filhas.

"Eu não pedi pra ser traída, eu não pedi para ser espancada, quem fez que arque com as consequências dos seus atos", escreveu, pedindo justiça.

No dia 18 de dezembro do ano passado, Milena publicou vídeos em seu Stories onde acusou o goleiro Jean de agressão durante das férias da família na Flórida, nos EUA. Ela estava com o rosto machucado. O jogador chegou a ser preso, mas foi liberado após julgamento. Jean, de 24 anos, acabou dispensado pelo São Paulo após as agressões.

Jean engatou, recentemente, um namoro com a influencer Shay Victorio e está no elenco do Atlético-GO.

Quem vê essa nossa foto, juntas e felizes não imagina os dias complicados que a Mamãe aqui tem passado tentando fazer com que tudo saia perfeito e elas não percebam nada ... Além do trauma que viveram em ver uma cena que nunca saíra da cabeça delas de um pai agredindo a mãe ainda tem que conviver sem o seu quartinho, sem as suas bonecas, sem os seus antigos coleguinhas, sem os passeios semanais e a atenção diária que a mamãe tinha, sem as aulas de esportes enfim... Se é muita coisa pra mim, adulta, mãe, imagina para elas? 2 princesas inofensivas ... Eu me calei, não queria polêmica, conversei, avisei, mas cansei, vou lutar pelas minhas filhas e pelos nossos direitos até o fim! E já que temos redes sociais vamos usá-la ! A mamãe fez de tudo para elas irem ver o pai, por conta do psicológico delas e o pai faz o que? Se omite, some, não liga, trata com descaso a situação das próprias filhas, filhas que como ele disse são minhas, mas na certidão tem o nome dele, enfim... Não deixei e não vou deixar passar, quem mais tem direitos de nos dois são elas e eu farei de tudo para que elas tenham tudo que tinham! Eu não pedi pra ser traída, eu não pedi para ser espancada, quem fez que arque com as consequências dos seus atos que por sinal ainda foram leves diante de toda a situação! Quero justiça! Que ele pague o que tem que pagar sim! E que Deus tenha piedade dessa pessoa, sem raiva, sem mágoas, apenas uma mãe desesperada querendo ver as suas filhas sorrir com leveza novamente! #JEANPAGUEPENSAO #TUDOPORELAS #MAEEMAE #NAOVOUMECALAR #ODIREITOÉDELAS

Uma publicação compartilhada por Milena Bemfica (@milenabemficaofc) em

Futebol