PUBLICIDADE
Topo

Jovem de 18 anos vira símbolo da reformulação do Cruzeiro no início de 2020

Meia virou realidade no Cruzeiro e vira protagonista em início de temporada da Raposa - Divulgação/Mineirão
Meia virou realidade no Cruzeiro e vira protagonista em início de temporada da Raposa Imagem: Divulgação/Mineirão

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

11/02/2020 04h00

Guardadas as devidas proporções, o começo de ano do 'novo Cruzeiro' está sendo animador. Em quatro jogos até o momento, o time celeste venceu três e empatou apenas um, o último deles, no clássico diante do América-MG. Em todos os compromissos até aqui, o jovem Mauricio é quem mais se destacou no time. Apesar dos 18 anos, o meia é quem apresenta os melhores números, além de uma personalidade de veterano e de carregar um protagonismo capaz de deixar alguns medalhões em segundo plano.

Mauricio chegou ao Cruzeiro em 2019, ainda com 17 anos. A baixa idade nunca foi problema para o jogador, que virou um dos destaques do time sub-20 da Raposa. Além do Cruzeiro, ele serve também as seleções de base do Brasil, e participou dos treinamentos com a seleção principal antes da Copa América.

Ainda no ano passado, Mauricio recebeu sondagens de clubes da Inglaterra e Espanha. Ao mesmo tempo, o então técnico Mano Menezes já estava de olho na promessa, e pediu sua presença nos treinos do time principal. Promovido por Mano, Mauricio passou a ter mais chances com o sucessor Rogério Ceni, inclusive para marcar seu primeiro gol como profissional. Foram poucos jogos no Brasileirão passado, mas a 'cancha' adquirida permitiu que ele iniciasse 2020 mais leve e sem a tensão de um novato.

Por ter passado rapidamente pelo time sub-20 do Cruzeiro, Mauricio tem a mesma idade ou é até mais novo que alguns companheiros que subiram recentemente para o plantel principal ou que alguns reforços que chegaram neste mercado da bola. Também por causa da baixa idade, ele segue sendo tratado com muita cautela pelo treinador Adilson Batista e a diretoria. Em contrapartida, continua chamando atenção de forma positiva. Quando dividiu o campo com Rodriguinho, o jovem roubou as atenções e colheu até mais elogios que o então 'dono' do meio de campo celeste. Com a saída do veterano, Mauricio seguiu sem se omitir.

Dos sete gols do Cruzeiro até agora no ano, Mauricio tem dois e divide a artilharia com Edilson. Na preparação das jogadas, ele também lidera o quesito assistências, com dois passes para gols. No último domingo, o meia até contou com uma ajudinha do goleiro Jordi, do América, mas esbanjou personalidade ao experimentar um chute de fora da área e empatar o clássico no Mineirão.

Cruzeiro