PUBLICIDADE
Topo

CSKA-RUS mostra intenção de tirar Cacá do Cruzeiro por 4 milhões de euros

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

10/02/2020 15h35

O CSKA, da Rússia, esboçou a intenção de tirar o jovem zagueiro Cacá do Cruzeiro. O clube russo não fez uma proposta oficial à diretoria celeste, mas já sinalizou que poderá desembolsar 4 milhões de euros (R$18,9 milhões) para tentar contratar o jogador de 20 anos neste mercado da bola.

Um fundo de investimentos internacional participa das tratativas. Se a oferta oficial chegar na mesa do Cruzeiro, há a expectativa real de que a transferência aconteça. A informação sobre o sinal verde dos russos para tentar levar o garoto foi antecipada pelo portal Superesportes e confirmada pelo UOL.

No final do ano passado, o Cruzeiro já havia recebido uma proposta do Athletico Paranaense por Cacá. Na ocasião, os valores giraram em torno de 2 milhões de euros (R$9 milhões, na cotação do dia). O montante foi considerado pequeno pela administração do clube celeste, que negou a oferta. Não satisfeito com a negativa, o Furacão voltou a fazer contato recentemente, mas não aumentou sua proposta. O Cruzeiro classificou a oferta como "ridícula" e voltou a rechaçar qualquer chance de saída naqueles moldes.

Cacá tem 20 anos e chamou atenção no segundo semestre do ano passado, quando precisou formar dupla na zaga com Fabrício Bruno e suprir as ausências de Léo e Dedé. O garoto não só deu conta do recado como terminou a temporada sem receber críticas, ao contrário da maioria do elenco. Com 1,85m, Cacá se destaca principalmente pela forte impulsão, além de mostrar personalidade de um veterano dentro de campo. Recentemente, ele fez um acordo verbal com o Cruzeiro de renovação de contrato, hoje válido até o final do ano, mas que será prolongado até dezembro de 2022.