PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira


Pré-Olímpico: o que o Brasil precisa fazer para ter vaga em Tóquio-2020?

Matheus Cunha comemora gol do Brasil contra a Colômbia no Pré-Olímpico - REUTERS/Luisa Gonzalez
Matheus Cunha comemora gol do Brasil contra a Colômbia no Pré-Olímpico Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

Danilo Lavieri

Do UOL, em Bucaramanga (Colômbia)

07/02/2020 09h24

Classificação e Jogos

Apesar do péssimo desempenho no quadrangular final, o Brasil pode garantir a vaga em Tóquio-2020 até mesmo com um empate diante da Argentina no próximo domingo, a partir das 22h30 (de Brasília). Para que isto aconteça, basta que Uruguai e Colômbia empatem no jogo preliminar, que está marcado para o mesmo dia, mas com a bola rolando a partir das 20h.

Em caso de qualquer vitória nesta primeira partida, o time de André Jardine entra em campo precisando vencer os argentinos para chegar aos cinco pontos e, assim, ficar à frente da seleção que sair vencedora do Estádio Alfonso López.

Há, inclusive, uma chance de o Brasil se classificar até com derrota. Para isso, Colômbia e Uruguai precisam ficar no empate. Aí, a vaga seria decidida nos critérios de desempate que são os seguintes nesta ordem: saldo de gols, gols pró e confronto direto.

Os argentinos, com seis pontos, estão classificados na primeira colocação. A única missão dos Hermanos na última rodada será tentar atrapalhar o sonho do bicampeonato olímpico do Brasil.

Para o jogo de domingo, Jardine já mostrou que fará substituições na equipe e considerou até mesmo mudar nomes de seu ataque.

Seleção Brasileira