PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Seleção sub-23 recebe reforço de famílias para reta final do quadrangular

Reinier recebe a companhia de seu pai para os jogos decisivos no Pré-Olímpico - Lucas Figueiredo/CBF
Reinier recebe a companhia de seu pai para os jogos decisivos no Pré-Olímpico Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri

Do UOL, em Bucaramanga (Colômbia)

06/02/2020 12h00

Classificação e Jogos

Em meio à reta final da competição, a seleção brasileira sub-23 recebeu um reforço fora de campo. Diversas famílias de jogadores chegaram a Bucaramanga, na Colômbia, para acompanhar aos jogos que decidem se o time terá uma vaga em Tóquio-2020.

Há, inclusive, algumas das famílias que escolheram ficar no mesmo hotel da delegação. Embora o time tenha um andar inteiro exclusivo para atletas e membros da comissão, todos conseguem manter um contato quase diário em horários reservados, a exemplo do que acontece em concentrações do time principal.

Guga, Nino, Ricardo Graça, Dodô, Bruno Fuchs, Bruno Guimarães, Matheus Henrique, Igor Gomes, Reinier, Antony e Pepê são alguns dos atletas que contam com seus familiares, namoradas e empresários na mesma cidade do jogo.

André Jardine incentivou o encontro dos familiares e aposta que a convivência ajuda os jogadores dentro de campo. Alguns deles já estão perto de seus filhos desde a primeira fase.

"É legal, eles se sentem mais seguros, matam um pouco da saudade. Nós estamos há muito tempo juntos. É uma energia a mais, a família torce pela gente, talvez são as pessoas que mais torcem, que nos amam e estão na família. É energia a mais e é importante", afirmou o treinador.

Todos eles ganham ingressos de seus atletas e lotam o espaço reservado para convidados da seleção brasileira no estádio. Hoje, a partir das 20h (de Brasília), todos eles estarão nas arquibancadas do Estádio Alfonso López para o encontro decisivo contra o Uruguai, pela segunda rodada do quadrangular do Pré-Olímpico.

Seleção Brasileira