PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Mauro: "Torneio Olímpico de futebol é uma piada, com times mequetrefes"

Mauro: "Não justifica no 1º clássico, com sua torcida, jogar no contra-ataq

UOL Esporte

Do UOL

Em São Paulo

28/01/2020 12h00

A seleção brasileira sub-23 de futebol está disputando o Torneio Pré-Olímpico da Colômbia em busca de vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Com a competição, jogadores como Caio Henrique e Pepê, do Grêmio, Bruno Guimarães, do Athletico, Igor Gomes e Antony, do São Paulo, além de Pedrinho do Corinthians, entre outros, estão desfalcando seus clubes enquanto servem ao time do técnico André Jardine.

Durante o primeiro bloco do podcast Posse de Bola #17, Mauro Cezar Pereira criticou a liberação pelos clubes brasileiros de jogadores que atuam em seus elencos principais para a participação na competição, além de citar a relevância do próprio Torneio Olímpico de futebol.

"O técnico começa a pré-temporada sem poder contar com jogadores que são relevantes dentro da sua proposta por conta de torneio Pré-Olímpico, nem Olímpico é. É Pré-Olímpico, o que eu acho uma grande piada. O Torneio Olímpico de futebol já uma piada, o torneio Olímpico de futebol é um torneio de quinta categoria, com uns times mequetrefes", disse Mauro Cezar.

Arnaldo Ribeiro lembrou que o Brasil ganhou a inédita medalha de ouro com o futebol masculino nos Jogos Rio-2016 e Mauro Cezar completou sua avaliação sobre o evento olímpico de futebol.

"Ganhou aqui contra a Alemanha C ou D, sei lá o quê. Alguns jogos horrorosos, com times horrorosos, aquilo superestimado, 'ah Brasil', aquela bobagem toda, é uma porcaria de torneio, não vale nada, é bobagem. Olimpíada é legal para as outras modalidades, futebol, não, não é importante. Quem liga para aquilo?", disse Mauro.

Juca Kfouri comentou de quando acompanhava de forma mais assídua o torneio olímpico de futebol e lembrou que o período da competição no calendário deve voltar a desfalcar os times brasileiros durante os Jogos de Tóquio.

"Eu quero deixar claro que eu não ligo mais. Mas eu liguei muito. Eu fui para Londres, eu fui para a Inglaterra para ver o Brasil ser campeão olímpico. Eu sei que é ridículo, mas eu fui. Chega, eu quero ver a seleção ganhar a medalha de ouro, e não ganhou", disse Juca, que é contra a liberação dos jogadores para a seleção olímpica.

"Eu estou dizendo o seguinte: provavelmente, pelo que eu tenho visto no tal Pré-Olímpico, a seleção brasileira vai se classificar. Os outros são muito ruins. Parece que vai se classificar e aí o problema vai se multiplicar em julho e agosto. E não é data Fifa. Do mesmo jeito que os clubes europeus não liberam o Vinícius e o Rodrygo, não tem que liberar Pedrinho, nem Antony, nem Igor", concluiu o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol