PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Luan brilha com dois gols, e Corinthians vence americanos em 1º jogo do ano

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/01/2020 21h54

O Corinthians venceu o New York City por 2 a 1, hoje (15), no Exploria Stadium, em Orlando, nos Estados Unidos, pela Flórida Cup. Os dois gols foram marcados pelo meia Luan, ex-Grêmio e principal reforço do time neste mercado da bola. Além do camisa 7, o Timão estreou o técnico Tiago Nunes, o volante Victor Cantillo, o lateral-esquerdo Sidcley e o atacante Davó.

Luan balançou as redes no primeiro tempo. Ele abriu marcador em cobrança de falta, encobrindo a barreira e acertando o ângulo direito do goleiro, e fez o segundo após driblar o marcador e finalizar por baixo em chute de fora da área. No intervalo, Tiago Nunes trocou os onze titulares, e o Timão sofreu um gol. O zagueiro Marllon tropeçou, e o atacante Kapanadze aproveitou para servir Lansade, que desviou para o gol. A bola ainda bateu em Bruno Méndez antes de entrar.

Entre os estreantes do Corinthians, Luan e Cantillo foram titulares, enquanto Sidcley e Davó jogaram no 'time B' do segundo tempo da partida.

Após enfrentar o New York City, o Corinthians treina quinta e sexta-feira, na University of Central Florida - UCF, antes de enfrentar o Atletico Nacional, da Colômbia, sábado (18), às 19h30 (de Brasília), no Exploria Stadium, em Orlando, nos Estados Unidos, também pela Flórida Cup. Oficialmente, o Alvinegro estreia no próximo dia 23, diante do Botafogo, na Arena Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

O melhor: Luan estreia com dois belos gols

Rafael Ribeiro/Florida Cup
Imagem: Rafael Ribeiro/Florida Cup

O meia Luan marcou dois belos gols de fora da área, um deles em cobrança de falta. Além disso, ele armou o time na maioria das jogadas, com enfiadas de bola e invertidas de jogo. O camisa 7 ainda mostrou seu repertório de dribles e ótimo controle de bola.

O pior: Marllon falha em gol de americanos

O zagueiro Marllon falhou no gol do New York City no segundo tempo. Ele tropeçou e 'deixou' a bola para o atacante Kapanadze, que cruzou para Lansade desviar para o gol. A bola ainda bateu em Bruno Méndez antes de entrar.

Corinthians de Tiago foi 'ousado' como se esperava

Rafael Ribeiro/Florida Cup
Imagem: Rafael Ribeiro/Florida Cup

Tiago Nunes foi contratado para mudar o estilo de jogo do Corinthians, que priorizou a retranca e o sistema defensivo nos últimos, com os treinadores Mano Menezes, Tite e, principalmente, Fábio Carille. O Timão de Tiago se mostrou bastante vertical e abusou de jogadas de profundidades, com dois armadores que se destacaram: Luan e Victor Cantillo. Além deles, Camacho colaborou para a boa saída de bola do Corinthians. O trio armou o time pelo meio e 'abriu' jogadas para Janderson, além dos laterais Fagner e Lucas Piton. Com Tiago Nunes, já se pôde observar que os dois laterais serão ofensivos. O Alvinegro atuou no esquema 4-2-3-1, com Ramiro aberto na direita e Janderson na esquerda. Camacho e Cantillo atuaram como volantes, enquanto Luan atuou na frente deles, centralizado. Boselli foi o mais tímido no comando do ataque. Luan foi o melhor do time. Antes de marcar dois gols, o camisa 7 já havia finalizado e realizado bons lançamentos. Entre eles, Fagner e Janderson quase abriram o placar. No segundo tempo, com o 'reservão', o Corinthians caiu de rendimento com volantes menos criativos e laterais que 'subiam' pouco ao ataque. Isso porque Bruno Méndez jogou improvisado na direta, enquanto Sidcley está fora de forma.

Cantillo mostra 'experiência' no meio

O meia Victor Cantillo foi o 'segundo destaque' do Corinthians em sua estreia na temporada 2020. O camisa 8 se mostrou, além de volante, uma ótima opção para armação de jogadas. O colombiano jogou como um veterano: ele colocou o pé em cima da bola em diversos momentos, levantou a cabeça e disparou lançamentos.

'Time B' teve Love na vaga de Luan na armação

O técnico Tiago Nunes trocou os onze atletas no intervalo. O 'time B' teve Vagner Love no lugar de Luan na armação de jogadas, com Mateus Vital e Davó pelos lados. Richard foi o segundo volante, e Bruno Méndez atuou improvisado na lateral-direita, já que Michel Macedo, lesionado, não viajou para os Estados Unidos. A equipe da segunda etapa jogou com Walter, Bruno Méndez, Marllon, Danilo Avelar, Sidcley; Gabriel, Richard, Vagner Love; Davó, Gustagol e Matheus Vital.

Futebol