PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras mantém proposta por Scarpa na mesa e ainda conversa com Almería

Gustavo Scarpa e Gabriel durante clássico Palmeiras x Corinthians - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Gustavo Scarpa e Gabriel durante clássico Palmeiras x Corinthians Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

12/01/2020 04h00

O Palmeiras ainda analisa se vai vender Gustavo Scarpa para o Almería. A última proposta agradou, mas o clube brasileiro tenta melhorar as condições e se proteger ainda mais caso o meio-campista seja revendido no futuro.

Na última proposta, o time espanhol ofereceu 7 milhões de euros (quase R$ 32 milhões na cotação atual) e 30% em cima de um eventual lucro caso Scarpa seja vendido do Almería para qualquer outra equipe por mais do que isso.

O Palmeiras já chegou a recusar outras duas propostas do Almería pelo meia: primeiro de 5 milhões de euros e, em seguida, outra de 6 milhões de euros.

O Alviverde tem feito alguns negócios para melhorar seu caixa, mas não está em situação de desespero. Por isso, a diretoria tem condições de recusar ofertas e de tentar melhorar as condições.

Scarpa foi o artilheiro do elenco no ano passado, maior goleador do time da Libertadores, com direito a três troféus de melhor em campo na competição, e o segundo atleta com mais participações em gols em 2019.

O Palmeiras já vendeu Artur por R$ 27 milhões. Agora, o time negocia a ida de Victor Luís para o Atlético-MG por R$ 9 milhões. O time paulista também vendeu 20% dos direitos de Carlos Eduardo para o Athletico por R$ 5 milhões. Os próximos que devem ser negociados são Deyverson, Guerra e Jean.

Palmeiras