PUBLICIDADE
Topo

Real Madrid

Jogador do Getafe nega insultos racistas a Éder Militão em jogo contra Real

Marc Cucurella, do Getafe, discutiu com Éder Militão  - Reprodução
Marc Cucurella, do Getafe, discutiu com Éder Militão Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

05/01/2020 13h51

O lateral/meia Marc Cucurella, do Getafe, veio a público negar qualquer ofensa racista ao brasileiro Éder Militão, do Real Madrid, durante a partida de ontem pelo Campeonato Espanhol.

Uma discussão entre os dois jogadores ganhou repercussão na web e muitas pessoas acusaram o jogador do Getafe de ter usado a palavra "mico" (macaco) para insultar o brasileiro. Ele, no entanto, se defendeu e afirmou ter dito (pico), uma expressão que pode ser entendida como "bico".

"Gostaria de esclarecer que, em nenhum momento, eu insultei nem desqualifiquei Militão. Minhas palavras foram 'Fecha o pico'. Peço perdão se alguém se sentiu ofendido por ele. Essa é a única declaração que farei sobre o tema", contou no Twitter.

O jogador brasileiro não se pronunciou sobre o caso. O Real Madrid também não se posicionou.

O Real venceu o Getafe por 3 a 0 e ocupa a segunda colocação do Campeonato Espanhol, com os mesmos 40 pontos do Barcelona, mas em desvantagem nos critérios de desempate.

Real Madrid