PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Geromel sobre final da Libertadores: "Não dá para torcer por argentino"

Diego Vara/Reuters
Imagem: Diego Vara/Reuters

Do UOL, em Porto Alegre

06/11/2019 17h57

Classificação e Jogos

Se a final da Libertadores fosse agora, e o Flamengo vencesse o River Plate, o Grêmio seria beneficiado diretamente. O time gaúcho é quinto colocado no Campeonato Brasileiro e, na classificação atual, ganharia vaga direta à fase de grupos do torneio de 2020. Essa conjuntura começa a tomar conta do dia a dia do clube, mas ainda não rendeu um debate concreto. Pedro Geromel, no entanto, brincou sobre a torcida na decisão da competição sul-americana.

Renato Gaúcho já havia indicado a mesma coisa. Antes da semifinal da Libertadores, o treinador usou o mesmo raciocínio: nada de apoiar clubes da Argentina. Geromel repetiu.

"Não dá é para torcer por argentino, né?", respondeu o zagueiro em tom descontraído.

A frase saiu no final da resposta à pergunta sobre torcida por título do Flamengo. A conquista por parte do time rubro-negro pode beneficiar o Grêmio, eliminado na semifinal da Libertadores justamente pela equipe de Jorge Jesus.

"A gente ainda não teve a oportunidade de falar sobre isso. Quando o jogo lá se aproximar, vamos falar. Vamos conversar", contou Geromel.

Questionado sobre o que seria de Walter Kannemann, zagueiro argentino do elenco do Grêmio, o camisa 3 foi ainda mais além para tergiversar.

"Pergunta pra ele, oras", disparou Geromel.

O Grêmio volta a campo diante do CSA, quinta-feira (7), pela 31a rodada do Brasileirão.

Futebol