Topo

Futebol


Corinthians "bipolar" ilude torcida e mantém Carille em xeque

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Corinthians entrou em campo com sete novidades, a maioria pedida pela torcida: Janderson, Bruno Méndez e companhia
  • Time corintiano foi ofensivo no primeiro tempo e abriu o placar aos dez minutos. Mas sofreu empate no final da etapa inicial
  • Corinthians voltou com a "velha retranca" no 2º tempo, foi dominado e sofreu virada. Empate veio aos 51 minutos com a "ajuda" do VAR

O Corinthians foi uma espécie de time bipolar e iludiu o seu torcedor no empate contra o Goiás por 2 a 2, ontem (16), no estádio Serra Dourada, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time de Fábio Carille entrou com sete novidades em campo, a maioria pedida pela torcida no time titular, e ainda mudou a sua postura: abandonando a famosa retranca por um futebol ofensivo no primeiro tempo.

No entanto, o Timão sofreu o gol de empate no finalzinho da primeira etapa, com um golaço de Michael encobrindo Cássio e, se não bastasse, voltou do vestiário com a "velha retranca". A postura defensiva no segundo tempo ocasionou o domínio e a virada dos goianos. A história só não acabou pior porque o Corinthians empatou com um gol de pênalti aos 51 minutos, com a ajuda do VAR, marcado por Gustagol. Após o jogo, o torcedor se sentiu iludido por conta do futebol apresentando nos 45 minutos iniciais.

Foi normal a semana, como todos os dias de trabalho. Quem entrou, foi quem estava buscando espaço, treinando firme e forte. Temos muito jogo, um atrás do outro, desgaste, também. Por isso, optou por fazer essas mudanças e demos resposta

Gustagol, sobre mudanças

Carille permanece em xeque com a torcida

Parecia que a torcida voltaria a se empolgar com Carille, já que o time saiu na frente com a jogada da nova dupla de ataque escalada pelo técnico: assistência de Gustagol e gol de Janderson aos dez minutos de jogo. No entanto, além de sofrer a virada, o treinador voltou a escalar os veteranos no segundo tempo: Régis, Jadson e Vagner Love entraram nos lugares de Pedrinho, Janderson e Sornoza. Por fim, os torcedores foram dormir irritados com o treinador. Há até quem peça a demissão do técnico.

A gente confia no professor, é um excelente profissional. A gente só sabia que não estava tão bem. Graças a Deus, deu uma melhorada. Um ponto fora de casa é sempre importante. Vamos trabalhar para sair com os três pontos no próximo jogo

Janderson, sobre Carille

Jamais. Não teve atrito com Carille e não vai ter. Ele sabe o que está fazendo. Tem toda a confiança não só nossa, mas da diretoria toda. Vem fazendo um belo trabalho. Ganhou títulos nessa formação

Gustagol, sobre relação com Carille

Janderson é o fator positivo

O atacante Janderson foi o fator positivo do empate do Corinthians contra os goianos. Além do gol, o "prata da casa" protagonizou boas jogadas individuais, a maioria partindo para cima da marcação, bem diferente de seu concorrente no setor: Clayson. Após o jogo, a torcida pedia a sua permanência na equipe titular nas redes sociais, enquanto o atleta ouvia da imprensa em entrevista coletiva de que seria difícil ele voltar ao banco de reservas por conta de seu desempenho no Serra Dourada. Janderson, por sua vez, se esquivou sobre a sua titularidade.

Nosso time, tem excelentes profissionais, jogadores de qualidade. Não sou eu que defino isso. Eu agradeço pela oportunidade, venho trabalhando por ela. O grupo todo tem jogadores de qualidade, optou por nós. Fico feliz por ter feito um bom jogo

Janderson, sobre titularidade

Carille deve ser mantido no cargo?

Resultado parcial

Total de 1836 votos
54,03%
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
45,97%
Franklin Jacome/Getty Images
Total de 1836 votos

Cássio e Gil desfalcam o Corinthians

O goleiro Cássio e o zagueiro Gil, lideres do elenco e ídolos da torcida, desfalcam o time contra o Cruzeiro, neste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena de Itaquera, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A dupla recebeu o terceiro cartão amarelo em Goiânia e cumpre suspensão automática.

Futebol