Topo

Futebol


Liverpool suporta pressão no fim e vence Chelsea com gol de Firmino

Roberto Firmino comemora gol com Sadio Mané e Andrew Robertson no Stamford Bridge - John Sibley/Reuters
Roberto Firmino comemora gol com Sadio Mané e Andrew Robertson no Stamford Bridge Imagem: John Sibley/Reuters

Do UOL

Em São Paulo

22/09/2019 14h28

O Liverpool manteve sua série de vitórias consecutivas no Campeonato Inglês ao bater neste domingo o Chelsea fora de casa por 2 a 1, com gols anotados em cobranças de falta ensaiadas pela sexta rodada da competição. O resultado ajuda o líder a abrir novamente 5 pontos de vantagem sobre o segundo colocado Manchester City.

O time comandado por Jurgen Klopp comandou as ações da partida no primeiro tempo, mas os gols só saíram em jogadas iniciadas em cobranças de falta. A primeira foi de Alexander-Arnold, que aproveitou a bola ajeitada por Salah e acertou um forte chute no ângulo do goleiro Kepa, aos 14 minutos do primeiro tempo.

Em uma bola rebatida dentro da área, o Chelsea chegou a empatar com Azpilicueta aos 27 minutos do primeiro tempo, mas o VAR foi consultado e o gol foi anulado devido a um impedimento observado no início da jogada.

A equipe que lidera a Premier League conseguiu o segundo gol aos 30 minutos, com o brasileiro Roberto Firmino, que marcou de cabeça após cruzamento de Robertson, em jogada que inicou em outra cobrança de falta de Alexander-Arnold.

Na volta para o segundo tempo, o Chelsea reagiu e conseguiu diminuir a desvantagem com um belo gol marcado pelo volante Kanté, aos 26, com um chute no ângulo do goleiro Adrián.

O Chelsea pressionou nos últimos minutos, enquanto o Liverpool reduziu a intensidade e chegou pouco ao ataque, mas conseguiu se segurar na defesa para confirmar a vitória.

Mais Futebol