Topo

Notícias do São Paulo: Preferências de Dani Alves, lesão de Pato e viagem

Dani Alves hoje deixou clara sua intenção de ser meio-campista no São Paulo, não lateral - João Vitor Rezende Borba/AGIF
Dani Alves hoje deixou clara sua intenção de ser meio-campista no São Paulo, não lateral Imagem: João Vitor Rezende Borba/AGIF

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 17h50

A delegação do São Paulo já está na cidade do Rio de Janeiro, onde às 11 horas (de Brasília) deste sábado (21) enfrenta o Botafogo pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas não conta com o lesionado Alexandre Pato.

O atacante foi diagnosticado com um estiramento na coxa direita e é desfalque para a partida. Ele havia voltado de contusão no empate por 1 a 1 contra o CSA, no qual atuou por 45 minutos, mas teve novo problema muscular e por isso vira baixa mais uma vez. Pato faz tratamento e não tem previsão para retornar aos gramados.

Sem ele, o São Paulo treinou no CT da Barra Funda na manhã de hoje e depois do almoço viajou para o Rio de Janeiro. Os últimos ajustes da preparação serão feitos amanhã, nas Laranjeiras, casa do Fluminense.

A tendência é que Daniel Alves reassuma a função de armador. Pelo menos esta é a expectativa do próprio camisa 10, que hoje deixou clara sua preferência em atuar no meio-campo, não na lateral direita. É onde ele "consegue intervir mais nos jogos", segundo explicou.

Fora de campo, os salários de Dani Alves também são assunto. Os R$ 500 mil que o reforço recebe neste mês, seu primeiro de São Paulo, serão pagos pelo clube sem a ajuda de um parceiro. O plano no Morumbi é dividir os vencimentos do craque com marcas interessadas em usar sua imagem, mas até agora não houve negócio. O salário sobe a R$ 1,5 milhão em 2020.

Mais São Paulo