Topo

Palmeiras abre "era Mano" tentando espantar a crise e com toque caseiro

Mano Menezes, novo técnico do Palmeiras, e Wesley Carvalho, treinador do sub-20 - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Mano Menezes, novo técnico do Palmeiras, e Wesley Carvalho, treinador do sub-20 Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

07/09/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Mano Menezes faz sua estreia pelo Palmeiras hoje, contra o Goiás
  • Treinador será auxiliado por Wesley Carvalho, que comanda o sub-20
  • Mano comandou só dois treinos na semana, mas quis ficar no banco
  • Palmeiras não vence no Brasileirão há sete rodadas e vive crise

O Palmeiras estreia hoje, às 21h (de Brasília), no Serra Dourada, o seu novo treinador Mano Menezes na partida diante do Goiás, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A missão do técnico será espantar a crise que ronda o clube, há sete rodadas sem vencer, e para isso ele contará com uma ajuda caseira: Wesley Carvalho, técnico do sub-20 que comandou metade dos treinos da semana e ficará com comandante gaúcho no banco de reservas.

Após a demissão de Luiz Felipe Scolari na segunda-feira, Mano foi contratado na terça, visitou o clube na quarta e só foi apresentado e deu seu primeiro treino na quinta. Com apenas duas atividades sob seu comando, ele confiará em Wesley, que dirigiu os treinos de terça e quarta, como seu principal auxiliar no banco diante do Goiás. Nos jogos seguintes, o homem de confiança Sidnei Lobo assumirá essa função.

Como o próprio Mano já avisou em sua chegada, a intenção é mudar a forma como o Palmeiras joga, mas isso não será possível de uma hora para outra. O pouco tempo de trabalho evitará mudanças drásticas na equipe. A escalação não deve sofrer grandes alterações: com exceção de Weverton (com a seleção brasileira), Gómez (suspenso e com a seleção paraguaia) e Felipe Melo (suspenso), os titulares habituais tendem a ser mantidos.

Há no Palmeiras a promessa de abrir alguns treinos à imprensa a partir da semana que vem, mas, por enquanto, os dois treinamentos de Mano foram fechados. O técnico deve apostar em Fernando Prass, Luan e Thiago Santos para a vaga dos desfalques. Na frente, Gustavo Scarpa e Willian são favoritos a manterem seus lugares na equipe, mas nomes como Zé Rafael e Lucas Lima correm por fora.

O fato de a equipe do Palmeiras ainda não ter a "cara" do novo treinador não incomoda Mano. Ele se mostrou disposto a dividir a preparação da partida com Wesley Carvalho e disse que era importante que ele estivesse no banco para o início de um novo ciclo. O treinador do sub-20 já dirigiu o Verdão em um jogo do Brasileiro no ano passado: 3 a 0 sobre o Paraná, logo depois da demissão de Roger Machado e antes de Felipão assumir a equipe.

Uma vitória na estreia é vista como importantíssima para Mano, que encontrou resistência da torcida e até dentro do clube antes mesmo de seu nome ser anunciado. Para ele, só o trabalho bem feito e os resultados poderão reverter essa antipatia de parte dos palmeirenses. Pelo menos nesse primeiro desafio, ele terá a ajuda de Wesley, a quem conhece desde 2000, quando ambos se enfrentaram em um Internacional x Vitória, pelo sub-17.

Com um jogo a menos que os rivais, o Palmeiras está na quinta colocação do Brasileirão, com 30 pontos. Do outro lado, o Goiás ocupa a 13ª posição, com 21.

FICHA TÉCNICA

Goiás x Palmeiras

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 7 de setembro de 2019 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)

Goiás: Tadeu; Yago Felipe, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto Júnior, Léo Sena, Marcelo Hermes (Alan Ruschel) e Renatinho; Michael e Kayke. Técnico: Ney Franco

Palmeiras: Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Willian (Zé Rafael) e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes