Topo

Após áudio vazado, presidente do Conselho participa de reunião com Galiotte

Maurício Galiotte e Seraphim Del Grande - Fábio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação
Maurício Galiotte e Seraphim Del Grande Imagem: Fábio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

06/09/2019 11h41

Resumo da notícia

  • Seraphim Del Grande participou de reunião com diretoria do Palmeiras
  • Movimento foi no sentido de tranquilizar os bastidores do clube
  • Em áudio, conselheiro chamou contratação de Mano de "burrice"

O presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, Seraphim Del Grande, participou ontem de reunião com o presidente Maurício Galiotte e outros membros da diretoria alviverde. O conselheiro, figura conhecida da política do clube há décadas, ficou em evidência nesta semana por um áudio vazado em que criticou Galiotte duramente.

Com o movimento de convidar Seraphim para a reunião, a intenção da cúpula palmeirense foi sinalizar com um pedido de paz e tranquilizar os bastidores após uma semana bastante conturbada. Seraphim ainda manifestou o total apoio à atual gestão. O técnico Luiz Felipe Scolari foi demitido na segunda-feira, e há pressão externa e interna pela demissão do diretor de futebol Alexandre Mattos, que está mantido por Galiotte.

No áudio, enviado a conselheiros e sócios e depois vazado nas redes sociais, Seraphim disse que Felipão não deveria ter sido demitido, e sim Mattos. Além disso, classificou a contratação do técnico Mano Menezes, apresentado oficialmente ontem, como uma "burrice" que "enterraria o mandato" de Galiotte.

Próximo da conselheira e patrocinadora Leila Pereira, dona da Crefisa, Seraphim sempre foi visto como um aliado da gestão Galiotte dentro do clube. Até o momento, Leila não se pronunciou sobre as manifestações da torcida organizada Mancha Alviverde, cujo Carnaval é patrocinado pela Crefisa, pedindo a demissão de Mattos, inclusive com protestos em frente à casa do dirigente.